Loading SEBRAE

Mais buscados: mei sei Credito Consultoria Boas Praticas

Loading SEBRAE

Notícias

AgexTec é destaque em programa do Sebrae RS

A Startup apresentou uma plataforma que monitora a ferrugem asiática e os melhores momentos para aplicação de defensivos agrícolas

atualizado em: 09/01/20

Da Redação

COMPARTILHE

A startup AgexTec, de Ijuí, foi destaque da segunda turma do StartupRS Agritech, programa do Sebrae RS voltado às startups que desenvolvem soluções para a cadeia do agronegócio. A boa notícia veio em dezembro, logo após a empresa participar do Demoday, um pitch de cinco minutos para uma banca composta por investidores e especialistas de grande destaque do setor. O evento aconteceu na PUCRS, junto com outras sete startups que fizeram parte da segunda turma do Agritech.

A startup agrícola é especializada no monitoramento da evolução de lavouras, condições do tempo, diagnóstico dos solos, modelagem agrícola e programação de algoritmos capazes de reduzir os desperdícios e aumentar a eficiência da agricultura. No Demoday, a empresa apresentou a Ageris, uma plataforma digital totalmente sincronizada com estações meteorológicas (Rebel) próprias, que fazem o monitoramento da ferrugem asiática e indica, em tempo real, as condições ideais para aplicação de defensivos agrícolas. Quase metade dos defensivos são jogados fora por erro de aplicação. Boa parte desses erros ocorrem devido a falta de informações representativas da propriedade como, por exemplo, a baixa umidade relativa do ar, capaz de evaporar os produtos da calda no ar, antes de tocarem os alvos (plantas ou pragas).

AgexTec é destaque em programa do Sebrae RS

“Queremos, através de uma rede de estações meteorológicas, cruzar as informações registradas pelos equipamentos e realizar o monitoramento da ferrugem asiática e, com base nas temperaturas e umidade relativa do ar, traduzir na forma de um semáforo para o agricultor as condições ótimas de aplicação: Spray na cor vermelha piscando no celular, não aplicar; spray amarelo pode aplicar, mas com eficiência reduzida; e o spray verde piscando indica condições ótimas para aplicação. O agricultor não precisa entender ou traduzir os efeitos dessas variáveis e a atualização acontece a cada 5 minutos”, explica o sócio-diretor da AgexTec, Dr. Cesar Fensterseifer.

Através de workshops e consultorias, o StartupRS Agritech ajudou na definição do negócio, a pensar o mercado para os produtos, os benefícios do marketing digital para a divulgação e a comercialização, os melhores canais para projetos em parcerias, até o faturamento. “Proporcionou o ajuste fino do modelo de negócio, maior visibilidade no mercado, e nos permitiu definir de forma mais clara o público-alvo e as estratégias para o crescimento. Durante o programa, concluímos um novo pacote de serviços capaz de garantir maior segurança durante as práticas agrícolas dos produtores rurais. Também aprendemos a agregar valor na comercialização das informações, e a elaborar novos serviços para outros segmentos da economia”, destaca Fensterseifer.

O modelo de negócio acontece em parcerias com cooperativas, revendas agrícolas, escritórios de planejamento e prefeituras, que apresentam a plataforma aos clientes e agricultores. Assim, é possível que, em uma região, eles dividam o custo de implementação das estações meteorológicas de monitoramento e possam pagar apenas uma mensalidade de R$96 por mês para usufruir do sistema. “O valor é equivalente ao custo do erro de uma aplicação em meio hectare” comenta o empresário. Atualmente, a AgexTec possui 4 estações instaladas no Rio Grande do Sul. Até o fim de janeiro, devem ser 10 estações e 22 até o fim de fevereiro.

 

Sobre o StartupRS Agritech

O programa do Sebrae RS é destinado a startups que desenvolvam soluções, em software ou hardware, que resolvam problemas reais na cadeia do agronegócio. Por meio de consultorias, workshops, mentorias e ações de mercado, o StartupRS Agritech visa validar o modelo de negócios das startups, preparação para vendas e conexão com grandes players do agronegócio por meio de acesso facilitado a eventos, rodadas de negócios, entre outras ações de mercado. São três estágios de desenvolvimento: validação (produto em desenvolvimento), negócio (produto validado) e escala (clientes e faturamento). Os critérios para avaliação são: Inovação, Mercado, Equipe e Modelo de Negócio.

AgexTec é destaque em programa do Sebrae RS 1

 

“Nessa segunda turma, tivemos startups de várias partes do Estado. Foi um grupo bem distribuído. Tivemos soluções de agricultura de precisão, fruticultura, entre outros. Foi um grupo bem diversificado e que puderam também trocar experiências entre si, além de aproveitarem as consultorias e workshops para colocar em prática as ideias. Além disso, as startups tiveram a oportunidade de participar de visitas técnicas em propriedades para identificar oportunidades de melhorias nas soluções desenvolvidas, assim como espaços em feiras e eventos como na Expointer”, afirma o gestor de projetos para Economia Digital do Sebrae RS, João Antônio Pinheiro Neto. Saiba mais em https://startups.sebraers.com.br/startuprs-agritech/.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

25 de Setembro de 2020

Parceria entre Sebrae RS e SESI leva o tema empreendedorismo aos alunos do Ensino Médio

SAIBA MAIS

 

25 de Setembro de 2020

Programa Juntos para Competir promove live sobre produção apícola

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 24/09/2020 17:15

Sebrae RS e Conecta Saúde promovem Rodada de Negócios com hospitais da região sul do Estado

Sebrae RS Podcast 24/09/2020 11:45

Nova edição da revista Mais Sebrae aborda transformações no mundo pós-pandemia

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: