Loading SEBRAE

Mais buscados: mei SEI credito consultoria boas praticas

Loading SEBRAE

Notícias

Inspirações para que você Crie o Impossível

Evento online correalizado do Sebrae aconteceu na tarde dessa quinta-feira e teve nomes como Babu Santana e a gaúcha Lisiane Lemos

atualizado em: 31/07/20

Da Redação

COMPARTILHE

Um encontro para inspirar uma legião de jovens e estudantes do Ensino Médio de escolas públicas a se tornarem agentes de transformação de suas próprias histórias e a assumirem o papel de protagonistas de suas vidas. Assim foi o evento Crie o Impossível, que aconteceu de forma online, na tarde dessa quinta-feira, 30 de julho, com transmissão pelo Youtube. A terceira edição do evento contou com mais de 30 mil estudantes inscritos de todo o Brasil e mais de 60 mil visualizações no Youtube.

Inspirações para que você Crie o Impossível 1

Vídeo sobre curso gratuito oferecido pelo Sebrae foi exibido durante o evento.

Com o tema “A palavra convence, mas o exemplo arrasta”, o projeto ofereceu aos jovens a oportunidade de conhecer histórias reais de quem, assim como eles, enfrentaram desafios como pobreza, exclusão e preconceitos. Para isso, um estúdio foi montado em São Paulo com apresentação e mediação dos âncoras Bielo Pereira, o empreendedor e proprietário da Provocatto Cacau, Wericson Souza, e a empreendedora social Polyane Costa.

 

De Pelotas para o Google

Entre as atrações, estava a palestrante gaúcha, executiva do Google e escolhida pela revista Forbes como uma das jovens que fazem a diferença no Brasil, Lisiane Lemos. Ela apresentou diversos exemplos de situações em que acreditava ser impossível chegar, mas que conseguiu superar cada desafio. Entre eles, como diminuir o racismo quando uma colega dela não a convidou para um aniversário; quando ela pensou que seria impossível fazer uma carreira fora de Pelotas; quando achou que seria impossível tornar um mundo corporativo menos desigual ao chegar em São Paulo sete anos atrás; quando pensou que fosse impossível sair na lista da Forbes, ou até mesmo que fosse impossível trabalhar na Microsoft e no Google antes dos 30 anos.

Inspirações para que você Crie o Impossível

“Eu pensei muita coisa baseado no que a sociedade tinha me ensinado, baseado no padrão que me era apresentado porque a gente só sonha com o que a gente vê. E o máximo que eu via de vitórias era a minha mãe, professora universitária, a minha avó que era professora e tantas outras mulheres e homens que me inspiraram nessa jornada, mas nenhum deles tinha vencido no mundo corporativo. E eu fiz todas essas coisas ao longo desses 30 anos”, relatou Lisiane.

A executiva ainda deixou três dicas para inspirar os jovens: “conhecimento ninguém tira”; “acredite em você”, pois muita gente vai te chamar de louco. Criar o impossível exige uma energia que muitas pessoas não estão dispostas a dar, mas se algo faz parte da tua natureza, faz. E “você não precisa ser 200%. Eu puxava muito os meus limites e não é necessário. É preciso estar vivo para aproveitar tudo o que você construiu”, complementa.

O evento online contou também com artistas, escritores, atletas, empresários e empreendedores sociais que relataram um pouco de suas histórias de vida e deixaram suas mensagens aos estudantes. Entre eles, nomes como o do Babu Santana, que interpretou Tim Maio no cinema, do triatleta Thiago Vinhal; do rapper Emicida; do empreendedor e fundador da JR Diesel, Geraldo Rufino; da filósofa e feminista Djamila Ribeiro, do produtor KondZilla; do ator Lázaro Ramos; da médica e vencedora do BBB 20, Thelma Assis e do ativista Rene Silva.

Para a aluna da Escola Estadual de Ensino Médio Agostinha Dill, Liara Alana Breunig, do município de Condor, a aula online estimulou a coragem e a primeira atitude dela foi postar um vídeo nas redes sociais falando sobre o evento. “Sempre tive vergonha, mas hoje, ouvindo tantas histórias de superação, criei coragem de vir aqui e compartilhar um pouco dessa aula, que fala sobre correr atrás dos sonhos sem medo ou receio. Foi maravilhosa”, disse Liara.

Ouça depoimento de jovem enviado por áudio também:

Desafio mão na massa

Durante o Crie o Impossível deste ano, os jovens também foram convocados a pensar em projetos que ajudem outros estudantes da rede pública a terem acesso à educação durante o período da pandemia, através do Desafio Empower. Os projetos vencedores concorrerão a bolsas de estudo integral para a faculdade e a diversos cursos e capacitações empreendedoras e profissionalizantes. O Crie o Impossível é uma iniciativa da organização sem fins lucrativos Embaixadores da Educação, com correalização do Sebrae e apoio de diversos parceiros. Saiba mais em www.crieoimpossivel.com.br. Assista ao evento em https://www.youtube.com/watch?v=MFMZaCKyaGo&feature=youtu.be.

Inspirações para que você Crie o Impossível 2

Talento gaúcho no Crie o Impossível

O Coletivo (uni)verso foi um dos participantes do Crie o Impossível, que aconteceu nesta quinta-feira. O grupo gaúcho, formado por jovens de Porto Alegre e região metropolitana, compôs uma poesia especialmente para o evento que contou um pouco da própria história: o protagonismo dos negros na periferia. Foi a primeira vez em que o grupo apresentou seu trabalho em nível nacional.

O coletivo (uni)verso é formado pelos poetas negros Bia Machado, Tiatã, Deaquino, Barth Vieira e Belch. A ideia surgiu em 2018 nas batalhas de poesia de rua, as slam poetry. O nome é dado por se tratar de uma cultura urbana emergente que transforma essas batalhas em manifestações dos anseios, sonhos e desafios dos jovens da periferia.

 

Confira a poesia:

Mãe, eu já te falei que eu vou viver disso

Tô ligada, tu vai dizer: “troca o disco”,

Mas não troco o meu sonho e já assumi o compromisso.

Sei que tu me queria trabalhando em escritório,

mas até lá eu só administro a caneta

rabiscando uns verso na folha de ofício.

É vocação, não é forçado.

Tem quem seja bom com números,

Eu sou boa nos versado!

E eu sei que é o teu sonho me ver formada

e tirar uma foto pra deixar registrado,

mas o meu também é te ver com um livro meu

e tirar uma foto pra pôr no quadro.

Vai ser o único momento em que vai

fazer sentido pra um preto ouvir a frase:

“Ficou bom no enquadro”.

 

E foi pra minha vida não ser só um sonho

que eu decidi viver do meu sonho.

 

Mãe, tô construindo um império.

Tô no começo, mas eu juro que é sério.

Tô aí jogando e ganhando,

eles tão só me olhando só esperando um erro meu, otários.

Eu sei que não tenho um salário certo,

mas eu juro, eu te darei um prédio,

sem precisar pegar no ferro,

nós só usaremos ouro.

Eu te juro e te falo sério.

Acredite em mim, acredite em mim,

eu tô construindo os meios pra poder chegar no fim.

Acredite em mim, acredite em mim,

isso não perda de tempo só não é tão fácil assim.

Com foco e força pra chegar aonde eu quiser,

nem terremoto abala a minha fé.

Três da manhã e três copos de café

pra daqui algum tempo eles falarem: “que sorte, né?”

Ah, sorte, é?

Tive que ser forte, Zé. Trabalhei bastante até

que negar meu talento fosse impossível e até hoje é.

 

E foi pra minha vida não ser só um sonho

que eu decidi viver do meu sonho

Afinal, quem foi que disse que os pretinhos não podem voar?

 

É que eu nasci no Morro da Glória

E já ouvi uns dizendo que eu não teria glórias.

Que pra mim, acabar o colégio, um emprego comum ou um cano na cintura era fim de história.

Não comprei essas ideia torta.

Acreditei no meu sonho e isso me abriu portas.

Insistência e persistência, evitando a desistência na trajetória.

Hoje em dia eu comemoro a minha vitória

só com os meus à minha volta.

O que torna tudo incrível.

Acreditamos no nosso sonho e criamos o nosso impossível.

 

Igual quando olharam no fundo dos meus olhos,

me chamando de fracassado, mandando eu desistir.

2017, nada mais me segurava, depressão,

foi por uma questão de tempo que eu não morri.

Criei o impossível, dei a volta por cima

e posso dizer que tô cumprindo tudo o que prometi.

Se quiser, pode conferir, só com isso aqui,

já tirei uma pá de menor da esquina

e já fiz muito depressivo sorrir.

Porque eu aprendi, hoje cedo,

que é necessário voltar ao começo.

Obrigado, Leandro cê é um dos mais inspirador dos vagabundos.

Pode ver, eu só tinha água na geladeira

e fui convocado pra seleção dos que vão salvar o mundo!

 

E foi pra minha vida não ser só um sonho

que eu decidi viver do meu sonho.

Afinal, quem foi que disse que os pretinhos não podem voar?

Então, avisa lá que o Universo é pouco pra nós alcançar.

Hoje, eu tô unindo os versos pra transformar

e sonhando em conjunto pra realizar.

 

Acredite em mim, acredite em mim,

eu tô construindo os meios pra poder chegar no fim.

Acredite em mim, acredite em mim,

isso não perda de tempo só não é tão fácil assim.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

23 de Novembro de 2020

Mercopar 2020 supera expectativa e bate recorde com R$ 78 milhões em negócios gerados

SAIBA MAIS

 

20 de Novembro de 2020

Nova live do CER com Você Professor aborda ensino e aprendizado mediado por tecnologia e soft skills, dia 23

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 23/11/2020 16:35

Volume de negócios da Mercopar bate recorde em 2020

Sebrae RS Podcast 18/11/2020 10:45

Profissões do futuro, inovação e soft skills são temas do Movimenta!, evento promovido pelo Sebrae RS

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: