Loading SEBRAE

Mais buscados: Sei MEi credito CONSULTORIA Boas Praticas

Loading SEBRAE

Notícias

Ronda Alta implementa a Lei Geral

atualizado em: 21/12/15

Da Redação

COMPARTILHE

O município planeja diversas ações para 2016, entre elas a abertura da Sala do Empreendedor

Da Redação

Certificado de implementação foi entregue ao Prefeito pelo SEBRAE/RS (Foto: SEBRAE/RS)

Ronda Alta – A cerimônia de entrega do certificado da Lei Geral ao prefeito Miguel Ângelo Gasparetto, que ocorreu durante a Feira Comercial, Industrial, Agropecuária, Cultura e Turismo de Ronda Alta (Feciatra), ocorrida no início de dezembro, marcou um novo estágio no desenvolvimento econômico do município. Com a iniciativa, a cidade contará com diversas ações a partir de 2016, entre elas, as licitações exclusivas e a inauguração da Sala do Empreendedor. Esteve presente o secretário da Indústria e Comércio, Almir Antônio Cazorotto, e o técnico da Região Norte do SEBRAE/RS Patric Cunha Strapazzon.

A conquista, de acordo com Strapazzon, é resultado de uma parceria entre a entidade e a prefeitura municipal. “Ronda Alta tem um grande potencial empreendedor, então a implementação da Lei Geral vai possibilitar muitos benefícios, como as licitações exclusivas com micro e pequenas empresas e a agilidade na abertura de novos negócios”, conta.

Ronda Alta terá um Agente de Desenvolvimento nomeado em breve, e já empenha esforços para acelerar processos, como a especificação de grau de risco, fiscalização orientadora (que prioriza a educação e a disseminação de informações para os empreendedores) e redução do prazo médio para abertura de empresas, para até 5 dias úteis no caso de baixo risco. A entrada de documentos é realizada na sede da prefeitura.

O secretário Almir Antônio Cazorotto afirma que “esse é um passo importante para o desenvolvimento econômico do município. Nosso principal foco no momento são as pequenas empresas”, ressalta. Cazorotto explica que as melhorias irão atingir diversas áreas, e irão complementar ações que começaram a ser desenvolvidas esse ano. Um projeto para estimular a indústria reuniu 14 empresas dos setores metalmecânico, moveleiro e têxtil. “O objetivo foi trabalhar a gestão, desenvolvendo aspectos como o 5S, área de finanças e relacionamento com colaboradores. Em 2016 faremos com o comércio”, antecipa.

O próximo ano, segundo ele, será de muito trabalho. Além das iniciativas relacionadas a Lei Geral, o próximo passo será no sentido de buscar a integração à Rede Nacional para Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios (REDESIM). Que irá agilizar ainda mais a desburocratização. “A entrega do certificado auxiliou a população a enxergar a importância de todas essas ações. Os resultados de nosso trabalho com o SEBRAE/RS só tendem a crescer nos próximos anos”, finaliza.

Sobre a Lei Geral das MPEs

A Lei 123/2006 oportuniza uma série de benefícios para os pequenos negócios, sobretudo na geração de emprego e renda e no fortalecimento das micro e pequenas empresas. A lei já foi implementada em 229 cidades gaúchas. A meta de completar 50 novas implantações só este ano foi atingida.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

12 de Novembro de 2019

Negócios de economia criativa da Capital precisam aperfeiçoar sua gestão

SAIBA MAIS

 

12 de Novembro de 2019

Edelbrau, parceira do Sebrae RS, recebe prêmio principal da Copa Internacional da Cerveja POA

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 08/11/2019 16:01

Estão abertas as inscrições para participar da Feira de Hannover em 2020

Sebrae RS Podcast 07/11/2019 14:33

Programa de segurança do alimento credencia restaurantes de Santa Maria

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: