Loading SEBRAE

Mais buscados: SEI MEI credito consultoria Boas Praticas

Loading SEBRAE

Notícias

Santa Maria terá classificação de restaurantes

Iniciativa faz parte de projeto-piloto para analisar estabelecimentos quanto às boas práticas de manipulação de alimentos.

14/09/18

Da Redação

COMPARTILHE

Santa Maria – O município vai receber um projeto para identificar a qualificação de seus bares e restaurantes quanto à segurança dos alimentos. A novidade faz parte de um projeto-piloto que une Sebrae RS, Universidade Franciscana, Universidade Federal de Santa Maria e Prefeitura Municipal. A iniciativa tem como base o modelo adotado nas cidades-sede da Copa do Mundo 2014 e deve ser totalmente implantado em um ano.

Santa Maria terá classificação de restaurantes

Restaurantes vão passar por várias etapas até a classificação.

A primeira ação será uma reunião, no dia 24 de setembro, com os participantes do Projeto Polo Gastronômico na Região Centro do Rio Grande do Sul, promovido pelo Sebrae RS. “No dia, serão apresentados os critérios e a metodologia de classificação para os representantes dos 50 restaurantes que integram o Polo Gastronômico. O objetivo é que os interessados na classificação já façam a adesão para começar o processo de preparação para a avaliação e visitas”, conta o gestor de projetos do Sebrae RS, Carlos Henrique Karsten Junior. É possível se inscrever pelo telefone: (55) 999169709. 

A nutricionista Ana Lúcia de Freitas Saccol, que é professora da Universidade Franciscana, foi uma das integrantes do projeto que implantou a categorização em quase 2 mil estabelecimentos durante a Copa do Mundo. Ela explica que a classificação foi feita no Brasil em três categorias. “A nota A é a melhor classificação, concedida para os locais com poucas ou quase nenhuma falha. A nota B é dada para aqueles que tiverem menos adequações que os anteriores, mas que não têm impacto para a saúde. Mesmo os de nota C, embora tenham mais falhas, ainda são considerados aceitáveis de acordo com os critérios da Anvisa”, detalha.

A análise parte de um roteiro, que é uma espécie de check list, com 51 itens, para os quais são atribuídos uma pontuação diferente com base no risco sanitário. Por exemplo, itens como falta de controle de temperatura, falha nos procedimentos de higienização e maus hábitos dos manipuladores podem comprometer o estabelecimento.

Os restaurantes passarão por diversas etapas até a divulgação final das classificações. Inicialmente, eles precisam aderir ao projeto e fazer uma autoavaliação. Depois, passam por uma inspeção que vai apontar o que está bem e o que precisa melhorar. Após um período destinado às adequações, será realizada uma nova avaliação para então definir as categorias de cada restaurante analisado. “A meta é termos 60 estabelecimentos de Santa Maria listados até agosto de 2019. Acredito que o projeto terá continuidade no município e possa motivar outras localidades a também implantá-lo”, informa Ana Lúcia.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

21 de Novembro de 2018

Estande coletivo na Feira Zero Grau atrai compradores

SAIBA MAIS

 

20 de Novembro de 2018

Gilberto Porcello Petry é eleito presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae RS

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 19/11/2018 17:25

Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor encerra etapa regional na capital

Sebrae RS Podcast 19/11/2018 17:20

São Francisco de Assis recebe Rodada Regional para produção local

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: