Loading SEBRAE

Mais buscados: Sei mei crédito consultoria boas praticas

Loading SEBRAE

Notícias

Afif Domingos defende a desburocratização e o acesso ao crédito para as MPEs

12/04/16

Da Redação

COMPARTILHE

Compromissos do presidente do SEBRAE Nacional em Porto Alegre foram pautados pelos projetos que buscam simplificar o empreendedorismo no País

Da Redação

Guilherme Afif Domingos foi um dos painelistas do Fórum da Liberdade (Foto: Fernando Conrado / Divulgação Fórum da Liberdade)

Porto Alegre – O tema desburocratização e os projetos que simplificam ainda mais o dia a dia do empreendedor no País foram o destaque das agendas cumpridas pelo presidente do SEBRAE Nacional, Guilherme Afif Domingos, nesta terça-feira, 12 de abril, em Porto Alegre. Uma das ações destacadas por Afif é o projeto Crescer Sem Medo (PL 125/2015) que prevê a ampliação dos tetos de faturamento, a diminuição do número de faixas e a aplicação de uma progressão da tributação como a já praticada pelo Imposto de Renda de Pessoa Física. “Neste Projeto de Lei também estamos prevendo a criação da Empresa Simples de Crédito (ESC), cujo objetivo é expandir a oferta de financiamentos para as micro e pequenas empresas (MPEs), suprindo lacunas deixadas pelos bancos”, comentou Afif a um grupo de jornalistas que foram recebidos pelo presidente na sede do SEBRAE/RS. Também participaram deste encontro o presidente do Conselho Deliberativo do SEBRAE/RS, Carlos Sperotto, e a diretoria executiva da instituição.

Segundo o dirigente, o Empresa Simples de Crédito pretende acabar com o oligopólio do sistema financeiro existente no País. “Os Estados Unidos, por exemplo, possuem 8 mil bancos. No Brasil temos cinco grandes instituições financeiras, duas estatais e três privadas, concentrando 90% das atividades de financiamento. Isso não é democracia econômica”, disse Afif. A ESC precisará ser constituída como uma Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (Eireli) ou como Microempresa Individual (MEI), ou ainda como Sociedade Limitada. Para o presidente, se o cidadão poupou capital ao longo da vida ele tem duas opções: aplicar no sistema bancário e ter uma pequena remuneração ou ser livre para aplicar na sua própria comunidade, assumindo o risco e recebendo remuneração proporcional, segundo as regras do mercado. O projeto Crescer Sem Medo encontra-se no Senado para apreciação.

Antes, Afif Domingos reuniu-se com diversas entidades e federações gaúchas para conhecer as ações que estão sendo realizadas no Estado com o objetivo de melhorar o ambiente para a criação e o desenvolvimento dos pequenos negócios. Dentre elas está a REDESIMPLES – Rede Nacional para a Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios, que no RS conta com 42 municípios integrados; o projeto Compra Cidade – Compras Públicas de Micro e Pequenas Empresas (Em 2016 20 municípios fazem parte); o Fopemepe – Fórum Permanente das MPEs no RS; e o Programa Lider – Liderança para o Desenvolvimento Regional, que abrange 43 municípios das regiões Campanha e Fronteira Oeste. Para Afif, é fundamental o SEBRAE, em parceria com as entidades, trabalhar pelo desenvolvimento das regiões. “Não tenho dúvidas de que os pequenos negócios são decisivos para ultrapassarmos este momento de crise pelo qual passa o País”.

Reunião-almoço na Sede do SEBRAE/RS reuniu lideranças do Estado (Foto: SEBRAE/RS)

Participaram da reunião-almoço as seguintes lideranças: o presidente do Conselho Deliberativo do SEBRAE/RS, Carlos Rivaci Sperotto, o vice-governador do Estado, José Paulo Cairoli, o secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Fábio Branco, presidentes da FCDL-RS, Vitor Koch, da JUCERGS, Paulo Roberto Kopschina, do SESCON/RS, Diogo Ferri Chamun, além de representante da FIERGS, do superintendente do SENAR-RS e conselheiro do SEBRAE/RS, Gilmar Tietböhl, o diretor-superintendente do SEBRAE/RS, Derly Fialho, o diretor Técnico, Ayrton Ramos e o diretor de Administração e Finanças, Carlos Alberto Schütz.

Fórum da Liberdade

Natural de São Paulo, o também empreendedor Guilherme Afif Domingos desde muito cedo iniciou seu trabalho em prol das MPEs. Em sua participação no painel Competição e Atividade Empresarial, no Fórum da Liberdade, em Porto Alegre, o presidente do SEBRAE Nacional relatou brevemente a sua trajetória e as conquistas que ajudou a buscar em favor dos pequenos negócios brasileiros. “Antigamente não se falava em pequeno negócio, em empreendedorismo e, a partir desta percepção, iniciei minha atuação em entidades empresariais e depois na vida pública”, comentou.

Na ocasião, o presidente destacou os avanços obtidos no País como a criação do estatuto da micro e pequena empresa, o Artigo 179 da Constituição Federal, que garantiu tratamento diferenciado, simplificado e favorecido para as MPEs, a Lei do Simples, que regulamentou o artigo 179, e, por último, o Supersimples (sistema de tributação diferenciado que unifica oito impostos em um único boleto). Afif também ressaltou a criação do MEI – Microempreendedor Individual, pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário. “Atualmente, temos 5,8 milhões de MEIs formalizados no Brasil, o que mostra a força e a vontade do brasileiro em empreender, muito destacado também pela pesquisa GEM – Global Entrepreneurship Monitor de 2015”. O estudo apontou a maior taxa de empreendedorismo nos últimos 14 anos: 39,3%”. Ou seja, de cada 10 brasileiros adultos, quatro já possuem ou estão envolvidos com a criação de uma empresa.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

16 de Julho de 2018

Fabricantes de bebidas premium prospectam mercado em São Paulo

SAIBA MAIS

 

16 de Julho de 2018

Encontros de negócios abrem oportunidades no segmento metalmecânico

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 16/07/2018 18:12

Empretec é lançado com um workshop em Rio Grande

Sebrae RS Podcast 13/07/2018 14:05

Série sobre Gestão - Plano de Negócios

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: