Loading SEBRAE

Mais buscados: Sei MEI credito consultoria Boas praticas

Loading SEBRAE

Agroindústria

Oportunidade

Feiras e eventos gastronômicos: oportunidade para pequenas agroindústrias

21/09/17
Fabiano Nichele

Fabiano Nichele

Gerência Setorial do Agronegócio

COMPARTILHE
A simplicidade da família do campo, os produtos artesanais, a maneira de saber fazer única de cada local são elementos que levam os novos consumidores a se conectarem com uma história e identidade daquela região.

O tema da agroindustrialização se insere nas discussões das transformações mais recentes do sistema agroalimentar e da agregação de valor aos produtos. Nesse contexto, o setor de agroindústria de pequeno porte vem ganhando espaço por meio de novos padrões de consumo. Produtos voltados para tradições e características vinculadas à origem são parte de uma tendência: cada vez mais os consumidores buscam exclusividade, alimentos sustentáveis, saudáveis e práticos. Somado a isso está a vontade de descobrir produtos regionais e resgatar receitas tradicionais.
Esses movimentos tendem a crescer cada vez mais. Os produtos normalmente são influenciados por um conjunto de características típicas de uma determinada região que os diferenciam de acordo com cada região, como o queijo colonial e o vinho, por exemplo.

Podemos citar como exemplo de produtos com apelo regional o queijo da região dos Campos de Cima da serra, queijo serrano, o vinho com indicação geográfica na Serra Gaúcha, o melado, a rapadura do litoral e o doce de Pelotas. Todos esses produtos carregam muita história, dos produtores, das suas tradições, dos produtos e suas regiões, do que é um dos atrativos dos produtos com identidade e origem.

A simplicidade da família do campo, os produtos artesanais, a maneira de saber fazer única de cada local são elementos que levam os novos consumidores a se conectarem com uma história e identidade daquela região.

O Rio Grande do Sul é um grande ofertante destes produtos e possui um grande número de agroindústrias de pequeno porte, produtores rurais, cooperativas, associações e empresas que atuam neste segmento.

Algumas agroindústrias já possuem canais de comercialização consistentes, vendendo os seus produtos com certa facilidade. Em outros casos, a comercialização ainda é tímida, levando a um baixo nível de competitividade.

Atualmente esses movimentos surgem como alternativa para a promoção e divulgação destes produtos no mercado, e vêm ganhando cada vez mais espaço. Podemos citar como exemplo a abertura de lojas especializadas, a casa do produtor, a revitalização de espaços públicos buscando a valorização de regiões e, principalmente, o movimento das feiras locais e eventos gastronômicos como o tradicional pavilhão da agroindústria familiar na Expointer, Destemperados e Mesa ao Vivo que acontece na região metropolitana e na capital.

Na maioria das vezes, a participação em feiras contribui muito para a alavancagem financeira das agroindústrias e dos produtores, além das oportunidades de negócios futuros geradas nestes eventos. Outro ponto importante que destacamos são as mídias espontâneas disponibilizadas para os expositores que participam destas feiras.
Esses movimentos contribuem para promoção e divulgação dos produtos, gerando oportunidades de negócios para agroindústrias de pequeno porte e produtores.

Quer saber mais sobre o tema? Acesse o vídeo Gestão Sustentável da Propriedade Rural 

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

12 de Julho de 2018

Senado aprova readmissão de empresas excluídas em janeiro no Supersimples

SAIBA MAIS

 

12 de Julho de 2018

Programa Lider – processo de desenvolvimento regional

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 13/07/2018 14:05

Série Plano de Negócios #01

Sebrae RS Podcast 09/07/2018 15:08

Sebrae promove bate-papo online com novas regras para o Pronaf

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: