Loading SEBRAE

Mais buscados: Mei Credito Sei BOAS Praticas Consultoria

Loading SEBRAE

Notícias

Notícias

Alegrete é 1º município gaúcho a receber entrega formal de resultados do Programa Cidade Empreendedora

Redução de 86% no tempo para abertura de empresas e aumento de 50% no valor arrecadado por MPEs locais em compras da prefeitura são algumas das conquistas de destaque

atualizado em: 23/08/23

Da Redação

COMPARTILHE

Alegrete foi um dos primeiros municípios gaúchos a aderir ao Programa Cidade Empreendedora, do Sebrae RS, em 2020. E, agora, torna-se o primeiro do Estado a receber a entrega formal dos resultados do Programa, que revelam uma série de avanços ao longo dos últimos dois anos. Entre os destaques estão a redução de 86% no tempo para a abertura de empresas, o aumento de 50% no valor arrecadado por Micro e Pequenas Empresas (MPEs) locais nas compras realizadas pela prefeitura, a criação da Lei Municipal de Liberdade Econômica e a conquista da certificação Diamante para a Casa do Empreendedor. 
 
Os dados foram apresentados pelo Sebrae RS na última segunda-feira (21/08), em cerimônia realizada no Salão Azul do Centro Administrativo, com a presença do diretor-superintendente do Sebrae RS, André Vanoni de Godoy; do gerente da Regional Campanha e Fronteira Oeste do Sebrae RS, Ângelo Aguinaga; do prefeito Marcio Amaral, e demais autoridades representando o Sebrae RS e a prefeitura.  

“O fato de nós estarmos apresentando os resultados do Cidade Empreendedora com os avanços efetivos que aconteceram aqui no município é muito significativo para todos nós”, afirmou o diretor-superintendente do Sebrae RS, André Vanoni de Godoy. Ele ressaltou que, de fato, o Programa conseguiu entregar soluções concretas para os empreendedores e para a comunidade de Alegrete.  

Foto DivulgaçãoSebrae RS

De acordo com o prefeito Marcio Amaral, o Programa Cidade Empreendedora foi um fator preponderante para organizar as ações do município com base em projetos com início, meio e fim bem estabelecidos. “Nós só temos a agradecer ao Sebrae RS por toda essa colaboração com a nossa gestão. E a ideia é que possamos continuar conveniados em projetos futuros, para dar continuidade a este trabalho”, ressaltou o prefeito.  

O gerente da Regional Campanha e Fronteira Oeste do Sebrae RS, Ângelo Aguinaga, destacou que esse não é o fim da parceria do Sebrae com Alegrete, pois além da possibilidade de adesão a mais um ciclo do Programa, existem outras ações em andamento no município, como atividades voltadas à inovação e projetos desenvolvidos com produtores de leite e olivicultores conveniados com a Prefeitura. “Eu quero agradecer a confiança que a gestão municipal deposita no Sebrae, tanto no Cidade Empreendedora quanto nesses outros convênios e ações. E dizer que o Sebrae continua à disposição”, afirmou o gerente.  

Eixos e avanços  

O consultor coordenador estadual do Comércio Brasil, Jankel Dal’osto Nunes, foi o responsável pela apresentação dos resultados obtidos desde 2020, quando Alegrete se tornou o 15º município a aderir ao Programa no Estado.  

No eixo Desburocratização, ele destacou a criação da Lei de Liberdade Econômica e a redução de 86% no tempo para a abertura de empresas, em relação a 2020. Hoje, são necessárias 10h para abrir uma empresa em Alegrete, enquanto a média do Estado é de 14h e a média nacional é de 28h.  

No eixo de Compras Governamentais, foi criada a Cartilha do Fornecedor Municipal e percebe-se um aumento de 50% no valor arrecadado por Micro e Pequenas Empresas (MPEs) locais em compras realizadas pela prefeitura. Já no eixo Educação Empreendedora, todas as escolas municipais participam do projeto e 95% dos professores da rede já foram capacitados. Somente em 2023, a estimativa é impactar cerca de 8 mil alunos.  

Além disso, em 2022, a qualidade dos serviços prestados pela Casa do Empreendedor resultou na conquista do Selo Diamante, certificação máxima concedida pelo Sebrae RS e pela Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).  

Quanto ao eixo Valorização das Empresas Locais, o programa teve foco no setor de gastronomia, sendo que a Padaria Conquistadora foi citada como um dos cases de sucesso. Por fim, no eixo Turismo, foi desenvolvido um planejamento estratégico para o setor, um radar turístico e estabelecido o Fórum de Turismo de Alegrete.  

Sobre o Cidade Empreendedora  

O Programa Cidade Empreendedora é uma iniciativa do Sebrae RS voltada a engajar gestores e servidores na promoção de políticas públicas para o apoio e fortalecimento do empreendedorismo nos municípios. O programa tem como principal objetivo a transformação local, visando impulsionar o desenvolvimento econômico como um todo, por meio de eixos estratégicos, com a potencialização e institucionalização de alguns capítulos da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa.  

Mais informações podem ser obtidas em cidadeempreendedora.sebraers.com.br 

 

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

27 de Fevereiro de 2024

Prêmio Sebrae Prefeitura Empreendedora tem 41 municípios finalistas em 2024

SAIBA MAIS

 

27 de Fevereiro de 2024

Capão do Leão regulamenta Lei de Liberdade Econômica no âmbito municipal

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 27/02/2024 16:18

Plano de Voo, do Sebrae RS, traz as principais tendências da NRF para o varejo

Sebrae RS Podcast 29/01/2024 10:00

Dicas de finanças para empresas é tema do podcast do Sebrae RS

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: