Loading SEBRAE

Mais buscados: sei mei CREDITO CONSULTORIA Boas praticas

Loading SEBRAE

Notícias

Mercado de hamburguerias deve crescer cerca de 4% no RS em 2019

Região de Passo Fundo tem um dos polos do setor, com cerca de 30 estabelecimentos

atualizado em: 24/05/19

Da Redação

COMPARTILHE
A receita do sucesso do hambúrguer artesanal é simples, mas requer atenção: utilização de produtos frescos e combinações exclusivas.
A receita do sucesso do hambúrguer artesanal é simples, mas requer atenção: utilização de produtos frescos e combinações exclusivas.

O Dia Internacional do Hambúrguer é comemorado no dia 28 de maio. E se tem um segmento que está fazendo sucesso entre os consumidores é justamente o de hamburguerias. Conforme dados de 2018, da Associação Brasileira de Franchising (ABF), as redes de franquias de hamburguerias associadas à entidade cresceram mais de 30% em três anos no Brasil. Dados do Sebrae RS, indicam que o setor de food service crescerá cerca de 4% este ano no Rio Grande do Sul.

Um dos polos está em Passo Fundo, onde o número de estabelecimentos dedicados a hambúrgueres já passa de 30. Quando se coloca na conta restaurantes e lancherias que têm o produto no cardápio, esse númerochega próximo a 60. “É um mercado extremamente competitivo e que teve um crescimento muito significativo nos últimos anos em Passo Fundo”, comenta a gestora de projetos da Regional Planalto do Sebrae RS, Caroline Betencourt da Silva,.

A receita do sucesso do hambúrguer artesanal é simples, mas requer atenção: utilização de produtos frescos e combinações exclusivas. “Percebe-se que muitas operações vêm entrando nesse mercado. Quem não tiver serviço de excelência, preço atrativo e produto de qualidade competitiva, vai ficar em situação complicada para permanecer no mercado”, alerta Caroline. Na avaliação dela, quem ganha com o aumento da concorrência é o consumidor, que encontra um mercado cada vez mais profissional e especializado.

Iniciada em maio de 2017, a empresa já possui duas unidades e 15 profissionais.
Iniciada em maio de 2017, a empresa The Bagual Burger já possui duas unidades e 15 profissionais.

E foi de olho nas exigências dos consumidores e nas tendências do mercado, que o empresário Yuri Laitharth Teixeira, da The Bagual Burger, de Passo Fundo, participou da National Restaurant Association 2019 (NRA) – Feira da Associação Nacional dos Restaurantes dos Estados Unidos, que terminou terça-feira (21 de maio), em Chicago. A primeira unidade da empresa foi inaugurada em maio de 2017 e, em janeiro de 2018, foi aberta a segunda. Dos primeiros três funcionários, já saltou para 15.

O diferencial, avalia Yuri, é a mistura das culturas norte-americana e gaúcha. Os hambúrgueres são feitos com costela, os queijos são coloniais e o pão é artesanal. Dos Estados Unidos, o empresário traz novas ideias para agradar ainda mais a clientela. “Observamos por lá o uso de muita tecnologia no atendimento, além da questão dos ingredientes de fornecedores locais, com insumos mais frescos, naturais e saudáveis”, conta. Após a viagem, uma das apostas do estabelecimento deverá ser a opção vegetariana.

Polo Gastronômico da Regional Planalto

As hamburguerias são algumas das empresas participantes do Polo Gastronômico da Regional Planalto do Sebrae RS. O projeto, conforme explica a gestora de projetos da Regional Planalto do Sebrae RS, reúne negócios do setor de alimentação fora do lar de Passo Fundo e região e promove a gastronomia local, dissemina informações sobre o mercado, possibilita a troca de experiências e aprimora os processos de gestão, produção/cozinha e serviços oferecidos pelas empresas. “Tudo isso para o fortalecimento da competitividade e diferenciação no mercado, sempre com o foco no atual cenário do consumo de alimentos,” explica a gestora.

O grupo do Polo foi formado em 2015. A iniciativa integra parceiros estratégicos para treinamentos e consultorias especializadas, voltadas ao setor de gastronomia em áreas como as de gestão empresarial, finanças, marketing, gestão de pessoas, planejamento, prospecção de clientes, aperfeiçoamento de processos, produtos, cardápios, layout, segurança alimentar, entre outros. Inclui ainda, ações de acesso facilitado à inovação e às tendências nacionais e mundiais no consumo de alimentos, com a participação em eventos e feiras relevantes do segmento, além de ações de benchmarking.

A Alster Burger, de Luana Welp de Andrade, integra o Polo há cerca de duas semanas, e a empresária já percebe diferença em seu trabalho. A equipe já participou de visitas técnicas em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, e em Cachoeirinha, na Região Metropolitana de Porto Alegre, além de um workshop que a ajudou a identificar e solucionar problemas na gestão de tempo. Inicialmente do ramo de cupcakes, Luana identificou no setor da hamburgueria um mercado com mais potencial e decidiu migrar. “Fizemos cursos fora do Estado, nos aperfeiçoamos”, conta ela, que toca o negócio com a família.

Cinco dicas para fazer uma hamburgueria de sucesso

1 – CARDÁPIO ENXUTO

É a chave para manter o processo simples, rápido e atrativo. É importante lembrar que boa parte dos consumidores que fizeram das hamburguerias sua nova opção, migrou do sistema fast-food e está acostumada com um serviço veloz. Trabalhe com opções de blend (mistura de carnes) e de tamanho, deixando o cardápio com, no máximo, uma página. Dê um toque de personalização nos ingredientes e acompanhamentos. Se diferencie com a inclusão de itens regionais e essencialmente brasileiros. A “gourmetização” ainda é permitida, desde que não sobrecarregue os preços. Aliás, o binômio custo x benefício está cada vez mais presente na hora de se escolher a marca que será consumida, o que já refletiu no tamanho dos hambúrgueres. Algumas marcas reduziram o tamanho de seus sanduíches, evitando desperdício, porém não deixaram de fazer sucesso.

2. HAMBÚRGUER E CERVEJA ARTESANAL

Uma forte relação vem se estabelecendo entre as hamburguerias e as cervejas artesanais. O público em geral aprovou a dupla, que tem se destacado como um ótimo composto de venda. A bebida atrai muito os consumidores das gerações X e Y. Para

garantir esse público, também não pode faltar uma opção vegetariana no cardápio. Essas duas gerações de consumidores costumam estar atentas ao que consomem, sua procedência, processo produtivo e qualidade, como também a relação ao custo x benefício.

3. PRODUÇÃO CONSCIENTE X QUALIDADE

O movimento pela qualidade dos ingredientes e o cuidado com a produção consciente dos insumos que compõem o sanduíche deu ao hambúrguer um novo status, acompanhando o movimento que busca saber a origem dos produtos e evitar os alimentos ultraprocessados. Hoje, no mundo todo, existe a preocupação, disseminada nas hamburguerias, de apresentar ao consumidor a origem dos ingredientes, onde é preparado o sanduíche e os demais produtos que serão consumidos no estabelecimento. E isso contribuiu muito para o crescimento deste mercado. Este movimento traz valores como transparência, valorização dos produtores locais e da alimentação consciente e sustentável.

4. ATENDIMENTO MAIS INFORMAL

Outra tendência que vem surgindo é o atendimento mais informal, sem serviço à mesa. O próprio cliente faz o pedido em máquinas de autoatendimento, retira o pedido no balcão, serve-se de refrigerante nas máquinas etc., o que não significa menos

conforto. Por outro lado, as hamburguerias estão ganhando status de locais para se fazer refeições, aproximando-se de restaurantes e fazendo o máximo para que os clientes se sintam em casa. Esta é uma maneira de se conectar à transformação

digital e enxugar custos sem perder os clientes.

5. FIQUE ATENTO ÀS INOVAÇÕES AO REDOR DO MUNDO

Acompanhe as inovações ao redor do mundo para inspirar a sua hamburgueria. Algumas ideias estão sendo testadas como a mistura de carne com cogumelos, o que tornaria o hambúrguer mais leve e saudável. Batatas servidas de diferentes formas, versões com abóbora frita, o resgate de bebidas artesanais ou compradas de pequenos produtores, até a carne maturada a seco, são algumas tendências do momento.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

14 de Junho de 2019

Entidades executoras divulgam o Programa Centelha

SAIBA MAIS

 

14 de Junho de 2019

Agroindústrias mais competitivas nas regiões Norte e Serra

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 14/06/2019 19:47

Ainda dá tempo de ser expositor na Mercopar 2019

Sebrae RS Podcast 14/06/2019 19:46

Programação Neurolinguística é tema de palestra on-line

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: