Loading SEBRAE

Mais buscados: sei MEI credito CONSULTORIA boas praticas

Loading SEBRAE

Notícias

Potencial de inovação dos gaúchos pode avançar mais

Os dados levantados pela pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) mostram que ainda há um longo caminho a percorrer pelos empreendedores

atualizado em: 16/09/19

Da Redação

COMPARTILHE
Potencial de inovação dos gaúchos pode avançar mais

Ao considerar o empreendedorismo em estágio inicial, nos quatro parâmetros utilizados como indicativos do potencial de inovação dos empreendimentos, em dois deles a situação do Rio Grande do Sul se mostra mais favorável que a do Brasil.

Quando o assunto é o potencial de inovação dos empreendimentos gaúchos, o caminho a ser percorrido parece ser longo, mas poderá ser trilhado de forma mais rápida e consistente com a colaboração dos diferentes agentes, entre os quais o Sebrae RS, que participa com ações e projetos de incentivo à inovação no Estado. Por isto, embora os resultados da pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), conduzida pelo Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP) em parceria com o Sebrae, sirvam como um alerta ao apontarem que os empreendedores gaúchos trabalham em negócios com pouco potencial de inovação, é preciso saber que há uma rede disposta a trabalhar junto para reverter este cenário.

“Há muita gente envolvida com inovação no Estado”, afirma a gerente de Inovação, Mercado e Serviços Financeiros do Sebrae RS, Danyela de Souza Pires. “Há o Pacto Alegre – iniciativa coletiva para estimular a inovação e a cidadania em Porto Alegre – , o Inova RS do governo do estado, ações para conversão da matriz econômica, os parques tecnológicos e as incubadoras, além de projetos do Sebrae RS”, acrescenta, entre outras tantas iniciativas no Estado fomentando a inovação, tanto em negócios tradicionais quanto com startups. É esse movimento que pode transformar a realidade mapeada pelo levantamento e que indica o baixo potencial de inovação, seja pela baixa oferta de produtos e serviços novos, pela atuação em mercados com muita concorrência, pelo uso de tecnologias defasadas ou pela pequena presença no mercado internacional. 

De acordo com a pesquisa, são esses quatro fatores que exercem impacto no desenvolvimento dos negócios. Ao considerar o empreendedorismo em estágio inicial, nos quatro parâmetros utilizados como indicativos do potencial de inovação dos empreendimentos, em dois deles a situação do Rio Grande do Sul se mostra mais favorável que a do Brasil. É nos quesitos concorrên­cia e idade da tecnologia. No que se refere à novidade do produto/serviço perante o seu mercado consumidor e inserção internacional, não há diferença significativa. O perfil das ativi­dades econômicas dos negócios empreendidos no Rio Grande do Sul, e no Brasil como um todo, tem sido de baixo valor agregado. Isso é possível perceber com o baixo faturamento anual apresentado pela maioria das empresas.

O levantamento mostra que entre os empreendedores iniciais do RS, 39,2% têm poucos ou nenhum concorrente, 8,9% trabalham com produto ou serviço novo para alguns ou para todos, 4,1% adotam tecnologia com menos de cinco anos e apenas, 1,6% têm consumidores no exterior. Os dados são mais elevados dos que a média nacional. No Brasil, 27,7% têm poucos ou nenhum concorrente, 8,4% oferecem produto ou serviço novo para alguns ou para todos, apenas 2.2% aplicam tecnologia com menos de cinco anos e 0,7% contam com poucos ou nenhum concorrente no exterior.

No caso de empreendedores estabelecidos, a pesquisa constatou que 31,4% têm poucos ou nenhum concorrente – no Brasil são 29,9% -, 2,4% oferecem produto ou serviço novo para alguns ou para todos – no Brasil são 4,4% nesse quesito -, 1,4% adotam tecnologia com menos de cinco anos – enquanto no Brasil são 0,4% – e 1,1% têm consumidores no exterior, o mesmo percentual da avaliação nacional.

Na comparação com os demais países analisa­dos, o Rio Grande do Sul, bem como o Brasil, também apresenta forte defasagem. Apenas em relação à concorrência percebida pelo empreendedor inicial, o percentual do Rio Grande do Sul supera os da China, Colômbia e Rússia. Apesar do Rio Grande do Sul e do Brasil apresentarem uma alta taxa de empreendedores em suas populações, esses empresários ainda tendem a oferecer produtos e serviços de baixo valor agregado e inovação. Quando se trata do empreendedorismo estabe­lecido, a proporção de inovação entre os empreendedo­res formais é maior do que entre os informais. A exceção é sobre o mercado consumidor internacional, pois os empreendedores sem CNPJ possuem uma clientela no exterior maior.

Danyela afirma que inovar é uma questão de sobrevivência para os empreendedores e, portanto, devem aproveitar todas as oportunidades e se integrarem nessa aliança que se forma no RS. Da parte do Sebrae RS, ela reforça que há projetos e mentorias para todos os segmentos e cita algumas ações como o desenvolvimento de startups desde a pré-aceleração até a escala de vendas. Atuação junto às incubadoras e parques tecnológicos, com programas para aprimorar a gestão e o desenvolvimento de empresas incubadas, serviços de consultoria para aperfeiçoamento de processo de produtos – o programa Sebraetec, editais de subvenção, oportunizando aos empresários desenvolver novos produtos, serviços e modelos de negócios e ainda diversos eventos ofertando aprendizado prático de ferramentas e disseminando a experiência de empreendedores.  

A gerente observa que “não importa se são negócios tradicionais ou startups. A transformação deve começar na cabeça das pessoas, olhando as necessidades de mercado e percebendo o que o mundo está fazendo globalmente”.

  

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Veja Mais

Para receber a promoção, empreendedores precisam acessar pelo menos um dos conteúdos gratuitos do site da organização durante os dias 19 e 29 de novembro

Black Week Sebrae RS: 30% de desconto em consultorias

Notícias

19 de Novembro de 2019

Black Week Sebrae RS: 30% de desconto em consultorias

SAIBA MAIS

 

19 de Novembro de 2019

3º Salão de Franquias é oportunidade de bons negócios

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 19/11/2019 16:52

Porto Alegre recebe o 3º Salão de Franquias do Sebrae RS

Sebrae RS Podcast 18/11/2019 17:38

Sebrae RS promove Startup Day em Porto Alegre

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: