Loading SEBRAE

Mais buscados: Mei sei CREDITO CONSULTORIA boas praticas

Loading SEBRAE

Notícias

Projetos elevam patamar do setor Metalmecânico

Acompanhamento realizado pelo Sebrae RS contribui para melhorar a competitividade das empresas

atualizado em: 30/07/19

Da Redação

COMPARTILHE
Projetos elevam patamar do setor Metalmecânico

A demanda por aumento de produtividade no campo abre espaço para novas oportunidades de desenvolvimento de produtos.

Base importante da economia gaúcha, o setor Metalmecânico é acompanhado de perto pelo Sebrae RS há mais de 20 anos, com projetos voltados à melhoria do desempenho em diferentes áreas. O coordenador estadual do Metalmecânico e Energia do Sebrae RS, Fabiano Cislaghi Dallacorte, afirma que o foco agora é “olhar para o futuro e como agregar tecnologia”. Ele acrescenta que é preciso direcionar para o futuro da indústria 4.0. “Nosso trabalho é mostrar aos empresários que podem atingir um novo patamar com diferencial de produtos e produtividade”.

Dallacorte comenta que um dos principais mercados para o setor Metalmecânico é o do agronegócio. A demanda por aumento de produtividade no campo abre espaço para novas oportunidades de desenvolvimento de produtos. Ele exemplifica que para o produtor de grãos há a necessidade de otimizar sistemas para colheita de soja, arroz e milho e, posteriormente, para armazenagem, como silos, controladores de temperatura e umidade. Para o leite, são sistemas de resfriamento e de armazenamento mais eficientes e para menores volumes, enquanto para a horticultura, a demanda é de sistemas de controle de temperatura e de insolação com maior eficiência. “As demandas existem, mas não são mapeadas de forma centralizada. Através dos projetos coletivos e da conexão com parceiros e projetos dessas cadeias, pode-se catalisar demandas de forma estruturada e ofertá-las para empresas metalmecânicas e desenvolver produtos específicos para tais nichos”, complementa.

Além disso, surgem novas oportunidades de mercado nos segmentos industriais de móveis, têxtil e calçados, alimentos e bebidas. Como a cadeia metalmecânica é transversal há outras cadeias produtivas importantes com a oportunidade de atender demandas específicas desses segmentos para aumento da produtividade. Setores como madeira e móveis, assim como o calçado e têxtil, seguem tendências de design que exigem novos sistemas de produção. Para esses sistemas, novas máquinas, equipamentos e ferramentas são necessárias, abrindo a oportunidade de desenvolvimento para as empresas do setor. Da mesma forma, alimentos e bebidas demandam cada vez mais máquinas e equipamentos específicos de controle de qualidade e de armazenagem, possíveis de serem atendidos pela cadeia metalmecânica. Novamente, é a integração com parceiros e projetos que irá possibilitar alavancar as oportunidades para o desenvolvimento de novos produtos, estimulando a indústria metalmecânica a fornecer para essas cadeias.

A entrega de novos produtos para novas demandas exige também uma nova postura das empresas do setor. O coordenador observa que a dificuldade que as empresas têm em lidar com a prospecção de clientes e novos mercados é natural, em função do grande período de alta de negócios entre 2010 e 2014. “Enquanto o mercado estava aquecido, as indústrias eram procuradas pelos seus clientes. No momento em que o mercado responde com baixa demanda de produtos e serviços industriais, as empresas necessitam estruturar e otimizar processos de vendas e prospecção de novos clientes, para buscá-los e estimular o consumo.” É nesse momento em que a cultura da inovação surge como aliado importante. “É necessário incentivar a cultura da inovação nas empresas do setor Metalmecânico. Com esse incentivo, surge a necessidade de apoio técnico para o desenvolvimento de novos produtos. O Projeto Conexões – Rede para alta performance suporta a empresa através de métodos, análises e processos de engenharia para que novos produtos sejam economicamente viáveis e que atendam a necessidade das empresas demandantes”. Os interessados em participar desta iniciativa do Sebrae RS podem acessar o link https://sebraers.com.br/conexao/.

Para contribuir com a melhoria da competitividade da pequena indústria, principalmente por meio do aumento da produtividade, o Sebrae RS foca seus projetos nas regiões Noroeste, Norte, Planalto, Serra e Vale dos Sinos que concentram 90% do setor no RS. São ações voltadas também ao novo cenário em que há necessidade de inserção das empresas em ambientes virtuais para prospecção de negócios. “As feiras industriais continuam sendo os principais meios para divulgação de produtos e serviços, porém a necessidade de se manter o relacionamento após as feiras têm levado as empresas para os ambientes digitais. De forma estruturada, a prospecção digital pode ajudar as empresas a otimizarem recursos e a efetivarem negócios com mais rapidez”, destaca Dallacorte.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

15 de Julho de 2020

Como se reinventar diante da crise do novo coronavírus

SAIBA MAIS

 

15 de Julho de 2020

Palestra online tira dúvidas sobre o PRONAMPE

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 15/07/2020 17:20

Pronampe: Sebrae RS prepara atividades com orientações para ajudar empreendedores na tomada de crédito

Sebrae RS Podcast 15/07/2020 15:25

Sebrae RS debate reinvenção dos pequenos negócios no Tá na Mesa, da Federasul

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: