Loading SEBRAE

Mais buscados: mei credito SEI Boas praticas Consultoria

Loading SEBRAE

Notícias

Notícias

Região Sul lidera entrega da Declaração Anual do MEI

atualizado em: 05/06/13

Da Redação

COMPARTILHE

66% dos Microempreendedores Individuais gaúchos estão em dia com as obrigações acessórias da Receita Federal

Da Redação

MEI é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário (Foto: Simone Guedes)

Porto Alegre – Cerca de 100 mil Microempreendedores Individuais (MEIs) do Rio Grande do Sul entregaram a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-SIMEI) à Receita Federal no prazo, expirado em 31 de maio. O número representa 66% dos gaúchos optantes pelo regime simplificado de tributação e coloca o Estado em 3º lugar no ranking da entrega do documento, atrás apenas de Santa Catarina e Paraná. Estavam aptos a entregar a DASN-SIMEI no Estado, 152.152 MEIs. O número representa o total de profissionais formalizados até 31 de dezembro do ano passado.

Os MEIs que não enviaram o documento dentro do prazo estabelecido ficarão impossibilitados de emitir os boletos de arrecadação mensal do ano de 2013, que garantem benefícios como aposentadoria, auxílios-doença e maternidade, participação em licitações e emissão de nota fiscal. “É preciso que os microempreendedores individuais cumpram seus compromissos para não perderem as vantagens dessa política pública que foi construída especialmente para eles”, analisa o presidente do SEBRAE/RS, Vitor Augusto Koch.

O Microempreendedor Individual é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário. Para ser um MEI é necessário faturar até R$ 60 mil por ano e não ter participação em outra empresa como sócio ou titular. Estes empresários são enquadrados no Simples Nacional e ficam isentos dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL). A formalização é gratuita. Para se manter na categoria é preciso, apenas, pagar o valor fixo mensal de R$ 32,10 (comércio ou indústria) ou R$ 37,10 (prestação de serviços), que será destinado à Previdência Social e ao ICMS ou ao ISS. Essas quantias serão atualizadas anualmente, de acordo com o salário mínimo.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

28 de Novembro de 2023

Liderança comunitária é foco de capacitação do executivo municipal de Antônio Prado

SAIBA MAIS

 

28 de Novembro de 2023

Semana do Empreendedorismo de Flores da Cunha lança a plataforma "Tudo Fácil Empresas"

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 13/09/2023 14:50

Linhas de reembolso ajudam na retomada de pequenos negócios no Vale do Taquari

Sebrae RS Podcast 13/09/2023 15:50

Sebrae RS atua no apoio a famílias e empreendedores atingidos pelas enchentes

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: