Loading SEBRAE

Mais buscados: mei sei CRÉDITO consultoria boas Praticas

Loading SEBRAE

Notícias

Notícias

Rio Grande dá início ao pacto pela inovação

Projeto Cidade Inovadora será realizado através do Programa Cidade Empreendedora do Sebrae

atualizado em: 02/08/22

Da Redação

COMPARTILHE

O município de Rio Grande, por meio da parceria com o Programa Cidade Empreendedora do Sebrae, dá início ao mapeamento de seu ecossistema de inovação. Nos dias 27, 28 e 29 de julho aconteceu o lançamento oficial do projeto “Rio Grande – Cidade Inovadora”, com a presença do ex-ministro de Ciência e Tecnologia da Espanha, Josep Pique, que foi palestrante no evento a convite do Município em uma parceria com a iniciativa privada. O engenheiro e doutor em ecossistemas de inovação esteve no Campus Carreiros da Furg para apresentar conceitos e exemplos de implantação de pactos sociais de inovação, voltados para a transformação urbana, econômica e social.

De acordo com o prefeito de Rio Grande, Fábio Branco, o objetivo do pacto é elaborar um projeto de desenvolvimento econômico e social baseado na inovação. “Este já é um importante ativo do município que agora terá um upgrade com o Projeto Cidade Inovadora”, acredita. A chamada economia azul ou economia do mar, conforme Branco, será um dos vetores para a identificação de novas oportunidades de crescimento local.

“Queremos trabalhar soluções inovadoras para o Porto de Rio Grande envolvendo também a indústria, o comércio e o turismo, criando bons indicadores que tornem o município reconhecido pelo ambiente inovador”, reforça o prefeito, acrescentando o papel fundamental do Sebrae como parceiro nos avanços que vêm sendo alcançados pela cidade. 

Segundo Giovanni Ross Phonlor, presidente do Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, o município começa a concretizar um sonho que vem amadurecendo ao longo de muitos anos. “O que nós queremos para Rio Grande é um ambiente de negócios propício para fazer florescer empresas e startups. Para que empresas de base tecnológica venham se estabelecer aqui e contribuam para o desenvolvimento econômico e social da cidade”, declara.

Phonlor acredita que a iniciativa contribui ainda para que os talentos de Rio Grande permaneçam na cidade, sem a necessidade de buscar oportunidades em outros centros. “E que isso tudo gere uma noção de futuro para uma cidade cada vez mais próspera”. Para ele, o programa de inovação vai trazer novas ideias e também  enriquecer e fortalecer as iniciativas inovadoras que já existem na cidade.

“Agora, além do meio acadêmico, estamos trazendo junto a iniciativa privada, a sociedade e o governo. Apostamos que a pá da hélice do empresariado vai entrar de cabeça, como assistimos no Pacto Alegre (acordo entre instituições de ensino, governo, iniciativa privada e sociedade civil para estimular o empreendedorismo colaborativo em Porto Alegre)”, destaca Phonlor. E revela: “queremos ter o nosso Instituto Caldeira em Rio Grande e que possamos beber desta fonte para gerar emprego, tecnologia, conhecimento e mercado”, completa.

Marco histórico

Na avaliação de Artur Gibbon, diretor do Oceantec – Parque Tecnológico da Furg, e presidente da Reginp – Rede Gaúcha de Ambientes de Inovação, o mapeamento é um marco histórico em Rio Grande. “Esse programa vem coroar os esforços de diversas pessoas e mostra o amadurecimento que conquistamos de forma muito colaborativa, a muitas mãos e há muito tempo. A expectativa é que a gente possa mudar a cultura da região trazendo mais inovação, fazendo com que as pessoas entendam o que é inovação, quais seus benefícios e o que ela pode trazer para o desenvolvimento da cidade”, afirma.

E qual a definição de inovação? “Parafraseando o professor Silvio Meira,  para mim inovação é a pesquisa e desenvolvimento tecnológico que geram nota fiscal”, esclarece Gibbon. Para isso, explica ele, o mapeamento vai identificar características, potencialidades e também as fraquezas da cidade, para que se possa estabelecer um plano de ação que acelere o processo de levar a cidade para um futuro mais promissor.

Entre as ações previstas para fomentar o desenvolvimento com inovação estão consolidar e ampliar o trabalho que já vem sendo feito com startups e também cuidar de empresas de setores tradicionais, em especial as do comércio e  serviços, que são maioria no município. “Inovação precisa trazer melhorias para todos na cidade, seja pelo uso de tecnologias ou pelo aumento da geração de renda, para que se possa ter uma população mais feliz e mais engajada nesse espírito”, completa Gibbon.

A consultoria do Sebrae se dará por meio das seguintes etapas: preparação do governo, mapeamento do ecossistema de inovação, pacto pela inovação da cidade e criação do ambiente orientado para a inovação.

Sobre o Cidade Empreendedora

O Programa Cidade Empreendedora é uma iniciativa do Sebrae RS voltada a engajar gestores e servidores na promoção de políticas públicas para o apoio e fortalecimento do empreendedorismo nos municípios, respeitando suas realidades. O programa tem como principal objetivo a transformação local, visando impulsionar o desenvolvimento econômico como um todo, por meio de eixos estratégicos, com a potencialização e institucionalização de alguns capítulos da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

12 de Agosto de 2022

Cachaçaria orgânica da Serra Gaúcha completa 20 anos em franco crescimento

SAIBA MAIS

 

12 de Agosto de 2022

Farroupilha realiza semana de formação em Educação Empreendedora para mais de 500 professores

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 20/06/2022 18:06

Seja um Agente Local de Inovação do Sebrae RS

Sebrae RS Podcast 06/06/2022 15:18

Salão de Inovação leva conhecimento e troca de experiências à Fenadoce

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: