Loading SEBRAE

Mais buscados: Mei SEI crEdito Consultoria BOAS Praticas

Loading SEBRAE

Notícias

Notícias

Zeit é a startup vencedora do Programa Agroinnovation

Evento de encerramento aconteceu nessa quinta-feira (27) com transmissão ao vivo pelo site do projeto

atualizado em: 28/08/20

Da Redação

COMPARTILHE

A startup Zeit é a vencedora do Programa Agroinnovation, iniciativa que conecta o agronegócio gaúcho às principais tendências de inovação e tecnologia do país. A grande final contou com sete startups finalistas e aconteceu em formato de Demoday, com pitchs de cinco minutos, na noite dessa quinta-feira, 27 de agosto. A transmissão ocorreu ao vivo pela plataforma digital agroinnovation.encontrodigital.com.br.

A Zeit apresentou um projeto que analisa a qualidade do leite através de um dispositivo portátil, com apenas um toque, otimizando o resultado e o tempo de espera. Atualmente, o produtor precisa coletar o leite e enviar para o laboratório, que leva em média de 10 a 15 dias para entrega do diagnóstico. A vencedora foi selecionada com base na solução que obteve maior interesse da banca avaliadora, composta pela coordenadora de startups do Sebrae RS, Débora Chagas, pelo coordenador de projetos de agronegócios, Fabiano André da Costa Nichele, pelo sócio da Venture Aceleradora, Guilherme Kudiess, e o pelo Pesquisador Embrapa Pecuária Sul, Vinícius Lampert. Além da opinião dos avaliadores, o resultado levou em conta os likes do público, que também ajudou a escolher as melhores soluções ao longo do dia nos estandes virtuais.

Zeit é a startup vencedora do Programa Agroinnovation

“A gente considera que esse programa é de extremo benefício para as startups que estão nascendo, principalmente para a cadeia do agro, que tem dificuldade para chegar até a fazenda e vocês proporcionaram desde mentorias e consultorias, abrindo as porteiras para os produtores. Estamos muito felizes. Esperamos contemplar todo mundo que participou desde o início da empresa. Fica aqui meu muito obrigado por quem realizou este evento maravilhoso”, relatou o  Renan Buque Pardinho, CEO da Zeit.

O segundo lugar foi para a Green next, que apresentou o sistema Hydra, especializado em controle de irrigação, e o terceiro lugar ficou com a Grazing, que mostrou um aplicativo de controle de manejo de pastagem. Participaram também as startups Capataz, que apresentou um aplicativo que funciona como uma caderneta de campo digital; Controla Campo, um aplicativo que organiza o fluxo financeiro da propriedade; Omnitec Automação, que trouxe uma solução para a captação, distribuição e manejo da água para o gado leiteiro; e a Ignis Animal Science, que apresentou a Call Up – medicação que aumenta nível de cálcio dos animais.

A trajetória até a final foi marcada por buscar a conexão do Agronegócio com a pesquisa, tecnologia e inovação através da aproximação de produtores rurais e startups a fim de gerar novas tecnologias para o setor. Para isso, foram selecionadas empresas comprometidas em solucionar os problemas reais do meio rural. Elas ficaram imersas em uma propriedade e posteriormente suas ideias receberam mentorias para que chegasse até na final do programa com soluções prontas para geração de negócios.

Zeit é a startup vencedora do Programa Agroinnovation 1

Troca de conhecimento

O Agroinnovation começou às 19h com a palestra “Inovação e Agronegócio”, ministrada pelo agrônomo e diretor executivo da AgriHub, Otávio Celidonio. Durante 25 minutos, ele falou sobre a importância do agronegócio para o crescimento da economia, destacou a relevância do setor, que cresceu mais de 3% no primeiro trimestre, com uma safra de mais de 250 milhões de toneladas de grãos, mesmo com a crise econômica ocasionada pela pandemia do novo coronavírus.

“O agro cresceu muito, não só na expectativa de produtividade, mas veio junto a perspectiva de inovação, de participação e orgulho da sociedade hoje. É muito bom ver esse avanço”, comentou Celidonio. O diretor executivo abordou também o volume expressivo de investimentos no setor. O Brasil tem hoje mais de 1.000 startups trabalhando no agronegócio. Dessas, mais de 400 estão atuando diretamente com os produtores rurais, de acordo com Celidonio.

Para ele, três fatores podem contribuir para a cultura tecnológica vencedora: um ecossistema colaborativo, gestão contínua de processos olhando onde é possível melhorar e fazer a diferença e os serviços personalizados, que são os pilares que unem os outros dois. “As pessoas conseguem hoje encontrar soluções para diminuir os gaps de ineficiência e isso pode ser feito a partir de uma nova solução, mas pode ser feito através da colaboração entre empresas e setores. Este é um dos pilares fundamentais para que qualquer empresa tenha sucesso e inclusive para que as empresas se mantenham vivas daqui para frente”, destacou o diretor executivo. Ao final, aconteceu o show da dupla tradicionalista César Oliveira e Rogério Melo, de São Gabriel.

 

Sobre o Agroinnovation

O Agroinnovation é um programa de aproximação do agronegócio com pesquisa, tecnologia e inovação, conectando produtores rurais e startups a fim de gerar novos negócios e soluções para o campo. “Ele surge para resolver um gargalo que existia de conexão entre as ideias das startups, a inovação e a tecnologia delas, e os produtores rurais, que necessitam dessas ideias. A proposta do programa sempre foi conectar esses dois eixos. Nosso objetivo sempre foi conectar as pessoas”, destacou o gestor de projetos do Programa Juntos para Competir, André Bordignon.

A iniciativa foi dividida em quatro etapas. A primeira foi um evento inicial, que aconteceu em São Gabriel, no ano passado, para conversar com produtores rurais e estudantes sobre a importância de trabalhar a inovação no agronegócio. As startups fizeram pitchs de suas empresas para os parceiros do programa, apresentando soluções para as cadeias produtivas, além de cases de produtores rurais que utilizam tecnologia e inovação em suas propriedades, relatando os impactos gerados na produção. Foi um evento que teve a interlocução da Unipampa e reuniu produtores rurais, startups e acadêmicos, com público de 300 pessoas.

Depois, foi montado um edital para selecionar startups para o programa. Dentre as 43 soluções inscritas, 12 foram selecionadas e sete foram classificadas para a final. Ao longo de um ano, foram realizadas mentorias, workshops, imersão na realidade de propriedades rurais e fóruns. A terceira etapa foi a imersão no campo, conhecendo os produtores, a rotina do dia a dia e os problemas reais de uma propriedade rural, que aconteceu na Propriedade Sr. Walfrido Duck, em Aceguá. “Aproveitamos esse dia para que as startups pudessem entender os problemas e o que o meio rural têm de demanda. A partir dali, surgiram ideias muito boas apresentadas hoje”, relatou a gestora do programa no Sebrae, Cibele Bolzan Scherer. A quarta etapa foi a final que aconteceu nesta quinta-feira.

O Agroinnovation é uma realização do Programa Juntos para Competir, desenvolvido por Farsul, Senar-RS e Sebrae RS, em parceria com Unipampa, Embrapa e Programa Inova RS, assim como as Startups e Incubadoras e Polos Tecnológicos.

Zeit é a startup vencedora do Programa Agroinnovation 2

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

22 de Junho de 2021

Projeto promove o mapeamento do ecossistema local de inovação de Santa Cruz do Sul

SAIBA MAIS

 

18 de Junho de 2021

Nem a crise segura o JK

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 07/06/2021 14:15

Sebrae RS lança novo podcast nas plataformas digitais

Sebrae RS Podcast 31/05/2021 11:15

Integrante do Conexão Pelotas, empreendedor se reinventa e cria novo espaço gastronômico

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: