Loading SEBRAE

Mais buscados: Sei Mei CREDITO Consultoria Boas Praticas

Loading SEBRAE

Notícias

Cervejaria artesanal e sustentável

A Edelbrau, de Nova Petrópolis, está se tornando referência em ações de sustentabilidade e inspirando outras iniciativas

25/05/18

Da Redação

COMPARTILHE

Nova Petrópolis – Uma das pioneiras do segmento de cervejas artesanais na Serra Gaúcha é destaque em sustentabilidade. A Cervejaria Edelbrau, de Nova Petrópolis, acaba de anunciar um investimento de R$ 310 mil em energia solar, mas a ação não é a única e nem a primeira relacionada ao tema. Preservação da água, destino de resíduos, como papeis, e de produção, fazem parte da rotina da empresa desde a origem.

Cervejaria artesanal e sustentável

Microcervejaria participa do projeto Polo Cervejeiro do Sebrae RS (Foto: Divulgação)

Sua sede construída em 2011 já havia sido planejada para o melhor aproveitamento da iluminação natural. Desde o início, a empresa investiu em caixas de água, que funcionavam como cisternas para a coleta de água da chuva e uso na limpeza. “Só aí economizamos de R$ 400 a R$ 500 por mês”, informa Fernando Maldaner, um dos sócios da Edelbrau.

A preocupação com a sustentabilidade continuou fazendo parte dos passos do empreendimento e ganhou força com a entrada no Polo Cervejeiro do Sebrae RS há quatro anos. “A Edelbrau sempre buscou a inovação, ao investir em novos negócios, como o Gastropub, ao participar de missões promovidas pelo Sebrae RS, e a partir das trocas com outros empreendimentos integrantes do projeto”, destaca Francine Oliveira Danigno, gestora do Polo Cervejeiro do Sebrae RS.

Foi a partir dessa participação que, em 2015, a cervejaria buscou a consultoria do Sebraetec para promover melhor eficiência energética em sua produção. “Na época, incluímos duas caixas de água a mais no processo de refrigeração, o que permitiu que a água resfriasse naturalmente, reduzindo os custos com energia elétrica”, recorda Maldaner. A empresa também conseguiu monitorar seus indicadores relacionados a esse tipo de consumo e implementar ações para tornar-se mais sustentável.

A ação culminou nesse investimento para implantação das placas de energia solar, que serão responsáveis por 101% da demanda da cervejaria. “Teremos uma economia de 95% na conta de luz”, compara o empresário. E o custo do financiamento acabará sendo menor do que o gasto mensal com energia. “É uma solução vantajosa, que vem despertando interesse de outras fabricantes que estão no Polo Cervejeiro e da comunidade acadêmica”, destaca.

Mas as soluções sustentáveis vão além. O papel excedente das embalagens e de descarte é encaminhado para centros de reciclagem e de coleta seletiva de Nova Petrópolis. Foi na própria cidade que o empresário encontrou a parceria ideal para uma solução de reaproveitamento simples e inovadora. “A produção da cerveja gera 200 a 300 quilos de bagaço de cevada ao dia, um resíduo que não era aproveitado e acabava virando lixo que precisava de um destino correto. Agora, todo esse excedente é recolhido por um produtor rural do município, que o utiliza para a alimentação do gado leiteiro e dos suínos”, relata Maldaner. O alimento rico em proteína é fornecido em troca de lenha para as caldeiras da cervejaria. A solução deu tão certo que a empresa já está buscando com a Emater uma forma de destinar a levedura gerada no processo de fabricação da cerveja para a produção rural

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

15 de Junho de 2018

Os pequenos negócios e o giro da economia de Farroupilha

SAIBA MAIS

 

14 de Junho de 2018

A pequena que fornece para a gigante

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 15/06/2018 16:25

Sebrae realiza palestra focada no setor de alimentação em Caxias

Sebrae RS Podcast 12/06/2018 10:38

Calendário de datas comemorativas é oportunidade para donos de MPEs

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: