Loading SEBRAE

Mais buscados: SEI mei Credito consultoria Boas praticas

Loading SEBRAE

Notícias

Não-Me-Toque anuncia integração à Redesimples

atualizado em: 10/11/16

Da Redação

COMPARTILHE

Responsável por desburocratizar o processo para abertura de empresas, o sistema será lançado oficialmente na cidade no dia 11 de novembro

Da Redação

Município de Não-Me-Toque, no Noroeste gaúcho (Foto: Divulgação / Prefeitura)

Não-Me-Toque – Com o objetivo de facilitar a abertura de empresas por meio da integração e desburocratização de processos, a cidade de Não-Me-Toque passa a fazer parte da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios – Redesimples. A oficialização do sistema será realizada em uma cerimônia no dia 11 de novembro, na Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços (ACINT), localizada na Rua Augusto Scherer, 313, a partir das 14h.

A iniciativa irá estimular o desenvolvimento econômico das micro e pequenas empresas (MPEs) e da cidade, a partir da simplificação de entrada de documentos e da redução do prazo de liberação de alvarás para negócios de baixo risco. Conforme informa o técnico da Regional Planalto do SEBRAE/RS Patric Cunha Strapazzon “o município está em um momento crescente na adesão de projetos de políticas públicas. A Redesimples começou a ser implantada em 2015”. Segundo ele, Não-Me-Toque registra um alto potencial empreendedor, o que motivou a entrega da proposta para a prefeitura. O passo seguinte foi a realização de uma consultoria com os agentes envolvidos no projeto, que durou em torno de cinco meses.

O sistema já está em operação desde o dia 5 de outubro. “A integração vai agilizar muito os processos a partir da simplificação de entrada de documentos, ou seja, o empreendedor fará essa etapa em um só lugar”, ressalta Strapazzon. A secretária de Desenvolvimento Margarete Lauxem destaca a redução do tempo para liberação de alvarás. “Percebemos o problema na aproximação de contadores com a prefeitura. Nessa interlocução ficou clara a dificuldade. A Redesimples reduzirá a espera para até dois dias, nos casos de empresas de baixo risco”, comemora. Outro fator importante para a secretária será o estímulo à formalização. “A simplificação dos processos será importante para tirar muitos empreendedores da informalidade”, conta.

Estarão presentes no evento, além de representantes da prefeitura e de entidades municipais, contadores, Patric Strapazzon, a gestora de desenvolvimento territorial da Regional Planalto do SEBRAE/RS, Julia Colnaghi, e a gerente interina da Regional Planalto, Diane Sensolo.

Sobre a Redesimples

A Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios foi instituída pela Lei nº 11.598/2007.

Benefícios para o município:

  • Base de dados centralizada e compartilhada;
  • Incremento dos impostos municipais, a partir do aumento de formalização de empresas;
  • Redução do custo operacional das partes envolvidas;
  • Maior desenvolvimento do município.

Benefícios para o usuário:

  • Entrada única de dados cadastrais e documentos;
  • Redução do tempo para registro e legalização de empresas;
  • Extinção da duplicidade de exigências;
  • Redução da burocracia com a modernização da gestão municipal;
  • Durante o processo de legalização de empresas, a informação é que circulará e não mais o cidadão.
COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

16 de Outubro de 2019

Rio Grande receberá primeiro Hackathon da Saúde

SAIBA MAIS

 

11 de Outubro de 2019

Alimento do futuro é destaque na Feira Anuga

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 16/10/2019 11:24

Sebrae RS realiza 1º Hackathon da Saúde em Rio Grande

Sebrae RS Podcast 11/10/2019 06:32

Mostratec tem mais de 750 projetos estudantis de ciência, inovação e tecnologia

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: