Loading SEBRAE

Mais buscados: Sei mei CREDITO CONSULTORIA Boas praticas

Loading SEBRAE

Alimentos e Bebidas

De olho nas inovações

Quatro razões para ler sobre tendências (e duas dicas)

atualizado em: 15/01/18
Thomas Hartmann

Thomas Hartmann

Consultor de Marketing e Professor na Faculdade Decision de Negócios

COMPARTILHE
Veja por que você deve acompanhar novas tendências por meio de produtos ou serviços inovadores – e até um pouco malucos –, mesmo sabendo que alguns não darão certo

Cerveja fluorescente ou feita com inteligência artificial. Comida impressa em 3D. Robôs que servem drinques. Hambúrgueres feitos de plantas. Restaurante especializado em bowls de quinoa 100% automatizado. Aplicativo para comprar ao final do dia o que os restaurantes prepararam e não venderam. Snackfication. Agricultura urbana. Você já deve ter visto empresas com produtos ou serviços inovadores – e até um pouco malucos – e sabe que algumas não darão certo. Mas, mesmo assim, veja por que acompanhar essas tendências:

1 – São hipóteses para aproveitar oportunidades trazidas por mudanças sociais. Veja como se tem falado de tecnologia, novos sabores, cores e texturas, saudabilidade e pequenos lanches. Isto tem tudo a ver com o estilo de vida urbano e aberto a experimentações da geração Y, nascida de 1980 a 2000. Segundo o IBGE, eles já representam 30% da população brasileira, e dados da Visa Performance Solutions apontam que são os que mais concentram suas compras em restaurantes (7% dos gastos) e e-commerce.

2 – São baseadas em dados de mercado. A Mintel, empresa especializada em inteligência de mercado, aponta que 11% dos alimentos e bebidas lançados entre setembro de 2016 e agosto de 2017 no mundo trouxeram reivindicações vegetarianas, contra menos de 4% entre 2006 e 2007. Foram 5% os que se mostraram como veganos – 10 anos antes, eram menos de 1%. Produtos convenientes, como snacks, subiram de 10% para 18% nos lançamentos globais no período.

3 – Buscam resolver problemas reais. Veja a agricultura urbana. Só no Brasil, 26 milhões de toneladas de alimentos vão para o lixo todos os anos, com 80% perdidos entre manuseio, transporte e centrais de abastecimento. Faz sentido produzir localmente, não?

4- Inspiram. Entender quais problemas, dados de mercado ou mudanças sociais estão na origem destes produtos “estranhos” possibilita refletir como a nossa empresa pode se posicionar para surfar nessas mesmas ondas. E criar!

Quer duas dicas para começar? Veja esta palestra e este estudo, e mãos à obra!

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Veja Mais

Alimentos e Bebidas

Tecnologia

Blockchain para alimentos e bebidas

Notícias

14 de Junho de 2019

Entidades executoras divulgam o Programa Centelha

SAIBA MAIS

 

14 de Junho de 2019

Agroindústrias mais competitivas nas regiões Norte e Serra

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 14/06/2019 19:47

Ainda dá tempo de ser expositor na Mercopar 2019

Sebrae RS Podcast 14/06/2019 19:46

Programação Neurolinguística é tema de palestra on-line

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: