Loading SEBRAE

Mais buscados: Sei credito Mei Consultoria Boas Praticas

Loading SEBRAE

Casos de Sucesso

Qualidade do cacho à mesa

19/01/17
SEBRAE RS

SEBRAE RS

Redação

COMPARTILHE

Com 37 anos de atividades e localizada em Caxias do Sul, a Vinícola Lovatel não só aderiu ao PAS Uva, com a implantação de programas de boas práticas agrícolas e de boas práticas enológicas, como também incentivou a participação dos fornecedores da matéria-prima para a produção de seus vinhos.

“A adesão ao programa ocorreu no início de 2015, através do programa Juntos para Competir (FARSUL/ SENAR/SEBRAE), com o objetivo de qualificar a empresa para oferecer produtos de maior qualidade. Fomos muito bem orientados a elaborar o manual e, ao mesmo tempo, implementar na empresa. Do uso de uniformes e tocas ao fechamento de embalagens e manuseio de equipamentos, foram várias ações, levadas em paralelo, com a criação de documentos” Simone Lovatel, dona da Vinícola Lovatel.

A participação no PAS Uva, afirma ela, resultou em um grande ganho para a empresa, tanto na qualidade do produto como também no engajamento da equipe no processo de produção. “Sempre tivemos cuidado com qualidade, fazemos visitas aos produtores de uva para o desenvolvimento da empresa e adequação de processos. Nossa preocupação sempre foi com a qualidade do produto, não com a quantidade. Queremos garantir que nossos produtos estão de acordo com o que queremos entregar aos clientes. O PAS Uva veio agregar em qualidade”, reflete. Lições dessa experiência não faltam: “É importante implementar, escrever e dar continuidade à ação planejada”.

Produtor e fornecedor de uva para a Vinícola Lovatel, Diego Isoton está concluindo a certificação. No programa, ele recebeu orientações sobre localização do parreiral, uso de agroquímicos, segurança do trabalhador e condições ideais de colheita e transporte, entre outros temas. “Estamos finalizando a etapa, mas já mudamos muitas coisas. Estamos mais atentos ao uso de EPI (Equipamentos de proteção individual) e ao modo de pensar a organização. Agora temos tudo registrado em planilhas, desde caixas de agrotóxicos à poda e colheitas” Diego Isoton, produtor e fornecedor.

Para ele, o programa é de enorme contribuição ao orientar os agricultores sobre os processos e cuidados, tornando-os mais conscientes de seu papel. “Às vezes, o agricultor se baseia muito em quem vai vender ou aplica produto quando não é necessário. Fiquei bem impressionado com o programa. Sempre digo que deveria ser quase obrigatório”, avalia.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

22 de Maio de 2018

Startup RS Agrotech tem inscrições até 27 de maio

SAIBA MAIS

 

22 de Maio de 2018

Referenciais em sabores e serviços: os restaurantes que encantam

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 21/05/2018 16:40

Santa Cruz do Sul terá Sessão de Crédito e Negócios

Sebrae RS Podcast 15/05/2018 14:32

Sessão de Crédito ensina sobre financiamento em Caxias do Sul

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: