Loading SEBRAE

Mais buscados: sei mei Credito CONSULTORIA Boas praticas

Loading SEBRAE

Moveleiro

Design essencial

O saber como economia criativa

10/11/17
Andrei Carletto

Andrei Carletto

Coordenador Estadual do Moveleiro do SEBRAE RS

COMPARTILHE
"Quando a gente pensa no design como processo, incluir o outro e ser colaborativo é o mínimo que se deve fazer”

Marcelo Rosenbaum é um exemplo de aplicação prática da economia colaborativa, tema proposto para edição da Feira Construmóbil 2017. Através do projeto “A Gente Transforma”, ele une talentos locais e técnicas de arquitetura a fim de disponibilizar o design a serviço da sociedade. O “A Gente Transforma” funciona a partir de um modelo de negócio colaborativo, do olhar para o outro, do entender qual a sua necessidade, a partir de uma visão sistêmica.

O movimento é desenvolvido por uma equipe multidisciplinar que, com a parceria de outras instituições explora os pilares da ancestralidade, beleza e sustentabilidade para reconhecer e valorizar as pessoas. De acordo com Rosembaun, há um equívoco na interpretação do design, o qual ultrapassa o conceito de valor agregado, palavra, peça ou desenho, sendo, na realidade, um propósito que inclui o ser humano, suas origens e diferenças. Ele sustentou: “Quando a gente pensa no design como processo, incluir o outro e ser colaborativo é o mínimo que se deve fazer”.

O design essencial é uma metodologia de transformação social, que coloca as pessoas na base do processo de trabalho, olhando para o ser humano, para humanidade, valorizando a cultura e o produto regional, resgatando a essência da origem, do relacionamento e dos saberes dos antepassados.

Este processo consiste na valorização cultural existente no local, a partir do reconhecimento dos saberes como uma economia criativa. A metodologia integra os saberes científicos da academia, com esta economia criativa, criando oportunidades de negócios, trazendo autonomia e sustentabilidade a partir do saber e da própria vocação.

Quando as pessoas se entregam ao novo, de se permitir a olhar, a escutar e a dividir, começam as revelações, que são os encontros com os outros, o coletivo. Este é o momento da materialização, o momento de interagir com os materiais, com as tipologias e colocar na prática os saberes, tornando-se um exercício de inclusão.

Potencializar na essência, parte do indivíduo, vai para o coletivo e vai para o universal, incluindo o todo, criando uma discussão de design como processo, estabelecendo a importância do objeto e a forma de fazer.

 

 Gente Transforma

Acesse o vídeo e conheça o projeto

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

22 de Junho de 2018

Arte no espaço Ágape, em Pelotas

SAIBA MAIS

 

22 de Junho de 2018

Mercopar já está com 70% dos espaços reservados

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 21/06/2018 18:01

Inscrições abertas para o Startup RS Digital

Sebrae RS Podcast 19/06/2018 16:08

Lajeado terá evento sobre gerenciamento de atestados em empresas

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: