Loading SEBRAE

Mais buscados: Sei MEI Credito consultoria BOAS PRATICAS

Loading SEBRAE

Turismo

Turismo de Negócio

Turismo de negócios aquece a economia da capital gaúcha

atualizado em: 03/11/17
Amanda Paim

Amanda Paim

Coordenadora Estadual da Economia Criativa e Turismo do SEBRAE RS

COMPARTILHE
O turista de negócios aquece a economia local durante os dias em que está hospedado.

Fazer com que Porto Alegre tenha visibilidade mundial para que grandes eventos sejam sediados na cidade. Esse é o objetivo de entidades como o Porto Alegre Convention & Visitors Bureau, que estima que mais de 90% do turismo na região é constituído por viagens de negócios, sejam empresas fazendo visitas técnicas, ou eventos como congressos.

Dados divulgados em 2016 pela Associação Internacional de Congressos e Convenções (ICCA, na sigla em inglês) colocam a capital em terceiro lugar no ranking de cidades do Brasil que mais recebem eventos internacionais, perdendo apenas para São Paulo e Rio de Janeiro. Para Roberto Snel, presidente do Porto Alegre Convention & Visitors Bureau, a chancela mostra o preparo da região. “Porto Alegre, mesmo com todos os problemas que qualquer cidade grande tem, possui produtos e serviços para fins de business muito bem preparados”, avalia.

O turista de negócios possui um alto poder aquisitivo, aquecendo a economia local durante os dias em que está hospedado. Enquanto a média de ocupação hoteleira de um hóspede é de dois dias, o turista de negócios possui um tempo de permanência de quatro dias. De acordo com um estudo preparado pelo Conventions & Visitors Bureau em parceria com a PUCRS, 43% dos visitantes que vêm a Porto Alegre ficam mais de cinco dias na cidade, o que, de acordo com o estudo, “comprova que parte dos turistas fazem outras atividades de lazer e compras após o término do evento”.

“O varejo se tornou nosso parceiro por perceber que esses congressistas convergem de uma maneira acima da média”, salienta Snel. De acordo com ele, o ticket médio de um turista de negócios varia entre R$ 300 e R$ 400. “Além de ir ao congresso, este turista está disposto a gastar. Ele quer jantar fora, comprar um presente para alguém, e isso reflete em nossa economia”, completa.

Ainda segundo a pesquisa, a cidade recebeu um impacto de mais de R$ 182 milhões dos 62 eventos ocorridos em Porto Alegre em 2015, e gerou emprego para mais de 3,8 mil pessoas. Isso significa que para cada real investido para realizar um evento, a cidade recebeu R$ 1,5 em sua economia. Além disso, do público entrevistado pela pesquisa, 94% relata que retornaria à cidade para eventos ou em outras oportunidades, e 90% dizem que recomendaria Porto Alegre para outras pessoas, aumentando a imagem positiva da cidade.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

18 de Novembro de 2019

E-mail falso cobra por emissão de certificado de prêmio

SAIBA MAIS

 

18 de Novembro de 2019

Evolução tecnológica acelerada vai mudar o perfil dos donos de negócios na próxima década

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 14/11/2019 16:53

Caxias do Sul recebe seminário Junta Digital do Sebrae-RS

Sebrae RS Podcast 14/11/2019 16:48

Sebrae RS terá estande coletivo de moda na feira Zero Grau, em Gramado

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: