Loading SEBRAE

Mais buscados: SEI MEI credito consultoria boas praticas

Loading SEBRAE

Apicultura

Própolis - Oportunidade de mercado

Está na hora de profissionalizar a produção de própolis no RS

04/12/17
Andrés Delgado Cañedo

Andrés Delgado Cañedo

Professor da Universidade Federal do Pampa – Campus São Gabriel

COMPARTILHE
Está na hora de profissionalizar a produção de própolis no Rio Grande do Sul

Assim como aconteceu em 2014 e 2015, novamente o clima conspirou contra os apicultores do Rio Grande do Sul. Forneceu um inverno pouco rigoroso, sem necessidade de grandes manejos e com caixas muito fortes no ingresso da primavera, mas o que é o presságio de super-safra se converte num pesadelo quando as chuvas no meio da florada de primavera não dão trégua e todo o mel produzido nos dias de sol termina sendo consumido pelas abelhas para manter o tamanho dos enxames, diminuindo as expectativas econômicas dos apicultores. Contudo, as consequências econômicas dos apicultores nestas condições, também é reflexo da falta de diversificação nesta importante matriz produtiva, pois os indivíduos da colmeia que coletam néctar não são os mesmos que coletam própolis e pólen, possibilitando obter mais de um produto da colmeia ao mesmo tempo. Aliás, ao contrário do que acontece com a oferta de néctar que bloqueia com a chuva, as fontes de pólen e própolis são mais contínuas; ressaltando que estes produtos da colmeia podem ser facilmente colhidos, não precisam de maturação e não seriam consumidos pelas abelhas.

Atualmente, os apicultores gaúchos não encontram estímulos na produção de pólen e própolis por três motivos: o primeiro é a extensão apícola (que é pouca) destinada quase que exclusivamente à produção de mel, segundo é a falta de dados estatísticos que permitam demonstrar a produtividades de cada produto nos diferentes microclimas do estado e por último o baixo valor agregado dos produtos do nosso estado por falta de estudos científicos que demonstrem suas atividades biológicas, principalmente na saúde humana.

No caso da própolis, o mundo reconhece como própolis brasileiras unicamente as própolis verde e a vermelha, com preços do Kg de material bruto que chega aos R$ 200,00 e R$ 500,00, respectivamente. Já as própolis gaúchas têm valor reduzido pela falta de estudos. Segundo o Eng. Edson Jobim, da empresa apícola Zunn – Alimentos Saudáveis, a própolis em tira produzida no norte do estado (Cambará) está sendo comprada num valor de aproximadamente R$ 70,00 o Kg de material bruto e na própolis de raspagem do sul do estado se paga menos de R$ 30,00 por Kg, quando comprada.

Se levarmos em consideração que, em média, seria possível a produção de 1 Kg de própolis por colmeia, no valor de R$ 70,00 por Kg estaríamos produzindo economicamente o equivalente a 7 Kg de mel para comercialização a granel; porém, sem forcejar, com o maquinário composto por uma faca e um pote, sem mexer na estrutura interna colmeia e sem prejudicar a produção de mel.

Os estudos parciais do nosso grupo demostram que a própolis do norte do estado possui atividade biológica similar ou superior à da própolis verde e a própolis do sul apresenta atividades próximas da própolis vermelha. Então, por que o valor é tão baixo? A resposta é simples, enquanto nossas própolis não têm estudos, as própolis verde e vermelha possuem individualmente mais de 200 artigos publicados em revistas internacionais e muitos outros em revistas nacionais.

Nossa própolis é um diamante bruto, acho que está na hora de organizar este setor produtivo para lapidar melhor o produto, aumentando seu valor agregado e permitindo ao apicultor uma nova fonte de renda a ser trabalhada no apiário, concomitantemente com a produção de mel.

Prof. Dr. Andrés Delgado Cañedo
Universidade Federal do Pampa – Campus São Gabriel

Programa de Pesquisa e Extensão em Apicultura do Pampa (APIPAMPA)

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

20 de Julho de 2018

O “Uber” das diaristas

SAIBA MAIS

 

20 de Julho de 2018

Gaúchos vendem mais de R$ 8 milhões na Francal

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 18/07/2018 09:58

Sebrae realiza seminário sobre Junta Digital em Lagoa Vermelha

Sebrae RS Podcast 17/07/2018 18:29

Sebrae em Pelotas promove a Sessão de Crédito para micro e pequenas empresas

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: