Loading SEBRAE

Mais buscados: SEI MEi credito consultoria boas praticas

Loading SEBRAE

Energia

Conjuntura

Energia eólica já produz o equivalente a uma Itaipu no Brasil

atualizado em: 27/02/19
Fabiano Cislaghi Dallacorte

Fabiano Cislaghi Dallacorte

Coordenador estadual do Metalmecânico e Energia do SEBRAE RS.

COMPARTILHE
Em todo o país, já são 568 parques eólicos e mais de 7 mil aerogeradores distribuídos em 12 Estados

Clique no play acima para ouvir o conteúdo!

O setor de energia eólica está em constante expansão no Brasil e já se pode dizer que esse tipo de energia elétrica gerada a partir dos ventos está se consolidando como verdadeira fonte energética complementar no país. E o que prova isso são os números. No último ano, a energia eólica atingiu a marca de 14,34 GW de capacidade instalada no território nacional, o que, para efeito de comparação, corresponde a uma Itaipu, a maior usina hidrelétrica do Brasil e segunda maior do mundo. Se esses números já são animadores, ainda há mais boas notícias: as projeções são de mais crescimento. E o Rio Grande do Sul é destaque nesse setor.

Para se ter uma ideia do avanço da produção eólica nos últimos anos, de apenas 1 GW de capacidade no ano de 2011, o Brasil passou para 14 GW agora, e do 15º lugar no ranking mundial de capacidade instalada em 2012 saltou para a 8ª posição no último ano (segundo o Global Wind Energy Council). Em todo o país, já são 568 parques eólicos e mais de 7 mil aerogeradores distribuídos em 12 Estados. Desses, o Rio Grande do Sul é o quarto no ranking nacional de capacidade de geração de energia eólica, com 1,82 GW instalado. E pode subir mais, pois é considerado o Estado com maior potencial eólico, baseado em dados do Atlas de Energia Eólica do RS lançado em 2014.

Energia eólica à gaúcha

O Estado do RS esteve à frente na implementação do primeiro parque eólico, e hoje conta com 80 deles, tendo ainda outros em construção. Entre os projetos desenvolvidos no Estado, vale citar o Complexo Eólico Campos Neutrais, o maior da América Latina, formado por três parques, localizados nos municípios de Chuí e Santa Vitória do Palmar, onde estão distribuídos 302 aerogeradores, podendo gerar 0,6 GW. Todo esse investimento vem trazendo resultados, já que a produção eólica no Rio Grande do Sul cresceu 24,8% no último ano.

Os benefícios desse tipo de energia são inúmeros e alguns já bastante conhecidos, como o fato de ser renovável, não poluente, ter baixíssimo impacto ambiental e possuir um dos melhores custos-benefícios na tarifa de energia. Mas os aspectos positivos do desenvolvimento desse setor vão ainda mais longe.

Além de ajudar a suprir a demanda do sistema nacional de energia elétrica, a produção eólica também beneficia muito a comunidade que a alberga, promovendo desenvolvimento econômico e social. Isso porque ela possibilita que os proprietários dos locais onde são colocados os aerogeradores tenham outras atividades na mesma terra (gerando uma renda extra por meio do pagamento de arrendamentos), e também incentiva a fixação do homem no campo com desenvolvimento sustentável e cria empregos em toda a cadeia produtiva do setor.

Empreender no setor

A consolidação da energia eólica só vem a acrescentar e, sem dúvidas, já é uma realidade. Por isso, investidores e pessoas interessadas em empreender devem ficar de olho nesse mercado para não perder uma ótima oportunidade de negócio. A produção eólica vai trazendo consigo demandas ligadas à produção e manutenção de máquinas e peças, a atividades de pesquisa e inovação e também à prestação de serviços de engenharia e logística.

E a projeção de mais expansão do setor só aumenta essas oportunidades. Segundo a Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica), as usinas movidas a vento devem se tornar a segunda fonte mais importante do país em 2019, e, até 2022 devem chegar a uma capacidade instalada de 17,6 GW.

Toda essa trajetória crescente e os diversos benefícios desse tipo de energia demonstram cada vez mais como a produção eólica veio para ficar, e quem embarcar nessa jornada pode estar entrando em um caminho de muito sucesso.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

23 de Agosto de 2019

Espaço Juntos para Competir receberá produtores rurais

SAIBA MAIS

 

22 de Agosto de 2019

Conheça as empresas selecionadas para a Feira Anuga

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 21/08/2019 17:22

Sebrae-RS promove encontros com quem pretende abrir uma Empresa Simples de Crédito

Sebrae RS Podcast 21/08/2019 17:19

Sebrae-RS realiza seminários sobre Empresas Simples de Crédito

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: