Loading SEBRAE

Mais buscados: SEI Mei Credito Consultoria boas praticas

Loading SEBRAE

Energia

Fontes renováveis

O grande potencial para o biogás no Brasil

24/10/18
Fabiano Cislaghi Dallacorte

Fabiano Cislaghi Dallacorte

Coordenador estadual do Metalmecânico e Energia do SEBRAE RS.

COMPARTILHE
Se todo o potencial de produção de biogás do Brasil fosse aplicado na geração de energia elétrica, seria equivalente a 24% de toda a demanda nacional de energia

O uso do biogás possibilita mais do que a simples geração de um produto que é entregue ao mercado, que pode ser na forma de energia elétrica ou térmica, biometano – um combustível verde – ou biofertilizante. O biogás presta um serviço de saneamento ambiental. Tudo o que é orgânico pode virar biogás, que pode ser aplicado em diferentes abordagens, conforme já abordamos aqui em texto anterior.

Em uma análise de Rodrigo Regis de Almeida Galvão, diretor-presidente do Centro Internacional de Energias Renováveis-Biogás (CIBiogás) e integrante da Agência Internacional de Energia (AIE), se todo o potencial de produção de biogás do Brasil fosse aplicado na geração de energia elétrica, seria equivalente a 24% de toda a demanda nacional de energia. Outro comparativo possível é a transformação em biometano, que pode substituir o uso de GNV.

Segundo o gestor da entidade, há cinco anos o mercado nacional de biogás quase não existia, eram poucas as iniciativas, sendo a Itaipu Binacional a grande pioneira que liderou o desenvolvimento deste segmento. Somente agora as empresas, o agronegócio e alguns setores da economia começam a enxergar o biogás como solução para seus problemas. Então, quando comparado ao restante do mundo, na matriz energética brasileira a participação do biogás é de 0,05%, mas já equivale, em termos de geração, ao mesmo que a produção de energia solar, pois o biogás consegue gerar energia o dia todo, enquanto sistemas solares só podem funcionar no período de sol.

O grande potencial para o biogás no Brasil

Assim, existe um grande potencial de crescimento de mercado, pois, além de energia, o biogás pode gerar biofertilizante, outra necessidade para o Brasil, que entre 2000 e 2015 aumentou o consumo de fertilizantes em 87% e ampliou a produtividade da produção de grãos em 150%. Isto é, o Brasil demanda muito fertilizante, e atualmente mais de 75% é importado. A vantagem é que o biogás está ancorado em commodities no Brasil. Somente com as cadeias de avicultura, suinocultura e a produção de cana-de-açúcar, há potencial de geração de 14% de toda demanda de biofertilizante do País. Isso equivale a um mercado anual de US$ 1 bilhão, que estão sendo importados em vez de serem produzidos nacionalmente. Outra âncora considerada pelo CIBiogás é que, como o Brasil é um país em desenvolvimento, a demanda de energia dos próximos 30 anos só tende a crescer. Até 2026, a perspectiva é de aumento da demanda em praticamente 50%, o que demonstra um grande potencial de negócios e de investimento.

 

Veja a primeira parte deste artigo:

[Artigo]

Biogás pode ser fator de diferenciação e competitividade

No Rio Grande do Sul, o BiogasMap da CIBiogás identificou 10 unidades de produção com aproveitamento energético em operação que produzem 71.070 m³ de biogás por dia.

ACESSE

 

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

22 de Fevereiro de 2019

Sebrae RS e FIERGS juntos na Mercopar 2019

SAIBA MAIS

 

22 de Fevereiro de 2019

Lojistas têm oportunidade de qualificar seus negócios

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 22/02/2019 17:50

Estão abertas as inscrições para o Programa AGIR 2019

Sebrae RS Podcast 19/02/2019 11:33

Quatro MPEs de Pelotas e Rio Grande são selecionadas para Prêmio de Inovação

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: