Loading SEBRAE

Mais buscados: sei mei Credito Consultoria Boas Praticas

Loading SEBRAE

Franquias

Negócios

A relação ganha-ganha de uma franquia bem gerida

30/04/18
Túlio Josué Pinheiro dos Santos

Túlio Josué Pinheiro dos Santos

Coordenador Estadual de Franquias e Redes Cooperação do SEBRAE RS

COMPARTILHE
O franqueador ganha com os royalties, venda de produtos e também com a gestão do franqueado que é o dono do negócio e é o responsável por fazer o investimento inicial

Num sistema de franquias, tanto franqueado quanto franqueador obtêm ganhos. O franchising é uma típica situação ‘ganha-ganha’. O franqueador ganha com os royalties, venda de produtos e também com a gestão do franqueado que é o dono do negócio e é o responsável por fazer o investimento inicial. Já o franqueado ganha por participar de um modelo de negócio que já foi testado, ter acesso a uma marca que possui a força de uma rede.

Maria Luiza Brufatto, diretora da FranquiaZ, avalia que o franqueado também tem o acesso ao conhecimento do franqueador e o conhecimento coletivo da rede, o que faz com que ele fature mais e erre menos. É preciso considerar que nenhuma rede de franquias consegue sobreviver no longo prazo quando só o franqueador ganha, pois, com franqueados insatisfeitos, fica difícil conseguir vender novas franquias.

Recente balanço da Associação Brasileira de Franchising (ABF) apontou que em 2017 o mercado de franquias na região Sul do país faturou R$ 24,5 bilhões, representando um aumento de 7,1% comparado ao ano anterior. Os dados também mostram que o mercado do Sul ampliou o número de redes em 12%, chegando a 623, e também incrementou em 10% o número de unidades, que chegaram a 13.292.

Dentro deste cenário de crescimento, aumentam também as oportunidades para a expansão de redes de franqueadores e até mesmo que novos negócios transformem suas marcas em franquias. Mas é preciso se diferenciar, pois muitos interessados em ingressar nas redes buscam conversar com os franqueados para obter referências e, caso boa parte deles esteja insatisfeita, isso pode fazer com que o potencial novo parceiro desista de ir em frente.

Para que os pontos de franquia estreantes possam obter mais lucros – e, desta forma, também trazer melhores resultados ao franqueador –, a diretora dá três dicas importantes: estimular o franqueado a ficar à frente do negócio, seguindo as instruções do franqueador e realizando a correta gestão; incentivar o franqueado a promover as ações comerciais e de marketing sugeridas pela rede; e orientar o parceiro a sempre coletar feedback dos clientes para entender suas necessidades e desejos e aprimorar o atendimento.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Veja Mais

Redes de Cooperação

Benefícios Comuns

Inovação em gestão de redes e centrais de negócios

Redes de Cooperação

Resultados efetivos

Oportunidades de melhorias para o ecossistema cooperativo

Notícias

16 de Agosto de 2018

Arena da Inovação: primeira vez no Salão do Empreendedor

SAIBA MAIS

 

16 de Agosto de 2018

Sebrae RS promove palestra online sobre investidor anjo

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 16/08/2018 17:52

Arena de Inovação leva startups do agronegócio para a Expointer

Sebrae RS Podcast 16/08/2018 14:45

Série Gestão – Finanças

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: