Loading SEBRAE

Mais buscados: sei mEI credito consultoria BOAS PRATICAS

Loading SEBRAE

Histórias de Inspiram

Empreendedorismo

Arpac reduz falhas de 80% para 0,05%

atualizado em: 19/08/19
SEBRAE RS

SEBRAE RS

Redação

COMPARTILHE
Empresa participou de projeto do Sebrae RS que ajudou a melhorar os resultados

Eduardo da Costa Goerl morava em Bagé. Quando estava dando instrução para um piloto agrícola, em 2008, sofreu um acidente aéreo. A experiência lhe deu a ideia de criar a Arpac, empresa de Porto Alegre especializada em aplicar defensivos químicos e biológicos em lavouras. Quase dez anos depois, surgiram os primeiros drones, criados pelo Eduardo e outros dois amigos. Eram máquinas complexas de 25 quilos, que precisavam voar de forma automática e aplicar os defensivos nas lavouras.

Quando começaram com a ideia, o equipamento apresentava uma média de oito falhas para cada dez tentativas de voos. O número é medido através de um indicador chamado FPF (Failures per Flight). Foi quando surgiu a necessidade de procurar ajuda. Eduardo, então, estruturou um projeto e submeteu ao Edital Sebrae de Inovação, que apoiou projetos de inovação dos pequenos negócios com potencial de alto impacto e elevada capacidade de se diferenciar e gerar valor por meio da inovação, concorrendo com aproximadamente outros 200 projetos.
Arpac reduz falhas de 80% para 0,05% 2A empresa foi selecionada e começou, então, uma parceria com o Sebrae RS, em que desenvolveram e aprimoraram esta ideia de negócio. “Através deste Edital, apoiamos financeiramente e realizamos o acompanhamento da execução técnica e financeira do projeto, dando suporte para o desenvolvimento da ideia. A Arpac certamente é um dos bons cases deste programa”, comenta o gestor de projetos do Sebrae RS Gustavo Schneck Moreira.

O resultado: “chegamos ao final desta safra (2018) com o indicador reduzido para 0.05% de falhas. Com esta evolução, conseguimos operar quatro drones e somar 12 mil hectares tratados. O projeto do Sebrae RS teve participação relevante nestas conquistas, por permitir a contratação de professores doutores e alunos capacitados para resolver questões técnicas”, comenta o diretor executivo da Arpac, Eduardo da Costa Goerl.

A empresa presta serviços para a Raízen, Usina São Martinho, Coopercitrus, BASF, Syngenta, entre outros. Além disso, recentemente, fecharam uma rodada de investimento com a participação do DroneFund (fundo japonês que investe em várias grandes empresas de drone do mundo), com a Moor Capital e ainda com o Francisco Forbes, diretor global do Hyperloop (iniciativa de Elon Musk), garantindo a ampliação da Arpac.

“Para a próxima safra já vamos operar em quatro estados (Rio Grande do Sul, São Paulo, Goiás e Mato Grosso) e seguimos comercializando novas operações de imagem e pulverização localizada”, comenta o empresário. Saiba mais emhttp://www.arpacbrasil.com.br/.

Ficou interessado?

Oportunidades como essa terão uma nova versão através do Edital Tecnova, que irá selecionar propostas para pesquisa e desenvolvimento de produtos e processos inovadores desde a fase de pesquisa até a comercialização pioneira, de micro e pequenas empresas localizadas no Rio Grande do Sul.A previsão de lançamento é em setembro. Fique ligado!

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

17 de Setembro de 2019

Sebrae RS compartilha últimas tendências para o setor de alimentação

SAIBA MAIS

 

17 de Setembro de 2019

Sebrae RS estimula inovação no AMCHAM Arena

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 11/09/2019 15:42

Sebrae promove estande coletivo na maior feira de vinhos profissional da América Latina

Sebrae RS Podcast 03/09/2019 16:54

Sebrae RS leva empresas ao Open Food Innovation Summit

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: