Loading SEBRAE

Mais buscados: SEI mei Credito consultoria Boas praticas

Loading SEBRAE

Empreendedorismo

Planejamento

Como modelar um negócio inovador

atualizado em: 09/10/19
Ivandro Rosa de Moraes

Ivandro Rosa de Moraes

Gerência de Soluções

COMPARTILHE
Um modelo de negócio é uma representação de como uma empresa cria e entrega valor para seus clientes

Muitos novos pequenos negócios são criados de forma aleatória, com foco no produto ou serviço oferecido e no preço de venda. Muitas vezes isso se dá por necessidade de gerar alguma renda; às vezes é pela urgência de aproveitar uma oportunidade urgente. Portanto, não é incomum ver empreendimentos indo para a rua sem um Modelo de Negócio estruturado. Em determinados casos, o empreendimento dá certo. Mas sem esse pensamento planejado, as chances de ele dar errado são muitas. Por isso é importante saber como modelar um negócio inovador.

Não importa se a empresa criada tem um modelo de negócio desenhado ou não, pois, no momento em que é estabelecida, de uma forma ou de outra ela tem um modelo, mesmo que informal. Mas para que os resultados realmente venham, é preciso saber como fazer um modelo de negócio planejado, pois ele é importante na estruturação, estratégia e plano de crescimento da empresa.

Dicas para modelar um negócio inovador

Em primeiro lugar, é preciso saber como é definido um modelo de negócio no mundo do empreendedorismo. Uma das melhores definições é esta:

“É uma representação de como uma empresa cria e entrega valor para os clientes enquanto também captura valor para si, fazendo isso de uma maneira repetitiva.”

Mark Johnson, Reinvent Your Business Model (2018)

Ou seja, antes de pensar na inovação, é preciso fazer o básico: construir seu modelo, e ele tem que ser estabelecido de forma a poder ser repetido.

São quatro grandes blocos que compõem um modelo de negócio:

  1. O primeiro é O QUE será oferecido, conhecido como Proposta de Valor, que é o que se entrega ao cliente. Essa proposta tem a necessidade de ser percebida, ou seja, o que se oferece não pode ser valioso somente para o empresário: tem que ser necessariamente valioso para quem o está recebendo.
  2. O segundo bloco é QUEM vai perceber como valiosa aquela proposta de valor. Aqui entra o conceito de empatia: a necessidade de ter uma clareza em relação ao que são efetivamente as dores, os problemas e os benefícios desejados pelos clientes-alvo. Dessa forma, é possível potencializar as soluções para entregar algo que possa incrementar a vida, reduzir algum custo, trazer produtividade ou criar uma experiência melhor para esse público.
  3. O terceiro ponto é o VALOR, que é como gerar receita a partir da entrega que se faz aos clientes, ou seja, um Modelo de Receita, a forma de remuneração do negócio.
  4. O quarto elemento é COMO conseguir fazer a proposta de valor chegar ao mercado-alvo, ou seja, a atividade e os recursos que serão utilizados, com o estabelecimento do que é conhecido como Cadeia de Valor.

#Resumindo: é preciso estruturar O QUE entregar, para QUEM, o VALOR da remuneração e COMO será entregue.

Esses quatro elementos podem ser colocados em uma pirâmide e, assim, o empreendedor pode começar a ter uma visão inicial de como configurar o negócio. Com essa visão ampliada, é possível pensar na inovação para uma, algumas ou todas essas dimensões, conseguindo, dessa maneira, modelar um negócio inovador, talvez até algo que não exista no mercado.

Tecnologia como suporte à inovação

Cabe aqui um adendo: muita gente pensa que inovação tem a ver com tecnologia. Não necessariamente. O que deve existir é a complementariedade entre tecnologia e modelo de negócio. A tecnologia vai fazer parte do modelo, mas ela em si ela não é o negócio. O que o empreendedor precisa pensar é de que maneira usar determinada tecnologia que possa trazer algum tipo de valor e, a partir daí, “empacotá-la” em um modelo que vai ser percebido como valioso para o público-alvo.

Tudo isso que descrevemos acima é apenas uma pequena introdução de como realmente analisar cada item necessário para modelar um negócio inovador efetivo. Esses pontos e muitos outros estão presentes na palestra online gratuita “Como modelar um negócio inovador”, do Sebrae RS. Nela, você poderá aprender como fazer a pirâmide dos elementos e como desenvolver cada um deles, de forma estruturada e aprofundada.

Saiba mais sobre a palestra

Objetivo

Apresentar aos empresários a metodologia de modelagem de negócios inovadores.

Público-Alvo

  • Potenciais empresários, startups e empresários de pequenos negócios.

Conteúdo

  • Modelagem de negócios

 

Quer assistir à palestra?

Acesse aqui gratuitamente: “Como modelar um negócio inovador”

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

16 de Outubro de 2019

Rio Grande receberá primeiro Hackathon da Saúde

SAIBA MAIS

 

11 de Outubro de 2019

Alimento do futuro é destaque na Feira Anuga

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 16/10/2019 11:24

Sebrae RS realiza 1º Hackathon da Saúde em Rio Grande

Sebrae RS Podcast 11/10/2019 06:32

Mostratec tem mais de 750 projetos estudantis de ciência, inovação e tecnologia

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: