Loading SEBRAE

Mais buscados: Sei MEI credito consultoria Boas praticas

Loading SEBRAE

Moveleiro

Experiência do consumidor

A miopia no atendimento comercial da indústria

25/01/18
Rodrigo dal Pizzol

Rodrigo dal Pizzol

Gestor Comercial e Co-fundador do portal compredaindustria.com.br

COMPARTILHE
O comércio sempre esteve focado no cliente, e a indústria em produzir, mas essa realidade está mudando, “forçando” todos a pensarem no consumidor e na experiência que ele terá

A revolução industrial iniciada no século XVIII tendo a Inglaterra como berço é até hoje tema de discussão em sala de aula nos cursos de engenharia e administração como algo que transformou a humanidade! Acho que todos concordam que realmente houve uma transformação para aquela época. A sociedade continua em evolução, e isso nunca vai parar, porque é da natureza humana estar em movimento e criar demandas boas ou ruins. Pensando dessa forma, por que a indústria não acompanhou as mudanças de comportamento do consumidor?

O mundo todo está conectado, disponibilizando terabytes de informação por segundo e avançando a passos largos na melhoria da comunicação entre as pessoas. O comércio e os serviços estão cada vez mais próximos dos seus clientes, mas e a indústria? Cada vez mais distante, por quê?

Investimento em máquinas mais velozes, com maior capacidade de injeção, automáticas, robotizadas, “inteligentes” a ponto de dispensar operador, perfeito, não é? Seria, se a indústria não estivesse cada vez mais distante do cliente e aparentemente “tentando” não conversar com ninguém, focada simplesmente em produzir mais e melhor deixando o “resto” (o relacionamento com o cliente) com o comércio!

Quer um exemplo? Quantas indústrias você conhece que ao atender ao telefone se identificam com o nome da “empresa” + nome da “pessoa” + um bom dia? Para minha surpresa, a maioria das indústrias que visito não consegue colocar em prática a saudação acima no seu dia a dia.

O que estou provocando aqui neste texto enquanto profissional de vendas com mais de 15 anos de experiência é que a indústria precisa urgentemente “incorporar” uma cultura comercial interna e externa com o objetivo de conectar-se com o mundo e começar novamente outra “Revolução Industrial”, não a Revolução 3.0 ou 4.0. De máquinas já sabemos bastante. Agora precisamos entender de pessoas, e isso dá trabalho.

O comércio sempre esteve focado no cliente, e a indústria em produzir, mas essa realidade está mudando, “forçando” todos a pensarem no consumidor e na experiência que ele terá ao consumir nossos produtos, seja pelo varejo offline, e-commerce ou atacado. Essa será a próxima Revolução Industrial, pode crer!

Então que tal na sua próxima chamada começar com seu nome e o nome da sua empresa? Ah, e se possível, com um bom dia.

 

Quer saber mais?

Acesse a Palestra Online – Como enfrentar a crise através do relacionamento com clientes

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

12 de Julho de 2018

Senado aprova readmissão de empresas excluídas em janeiro no Supersimples

SAIBA MAIS

 

12 de Julho de 2018

Programa Lider – processo de desenvolvimento regional

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 13/07/2018 14:05

Série Plano de Negócios #01

Sebrae RS Podcast 09/07/2018 15:08

Sebrae promove bate-papo online com novas regras para o Pronaf

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: