Loading SEBRAE

Mais buscados: Sei MEi credito consultoria boas praticas

Loading SEBRAE

Saúde

Tecnologia

Principais tendências para o setor

29/11/18
Ana Paula Rezende

Ana Paula Rezende

Coordenadora Estadual da Saúde do SEBRAE RS

COMPARTILHE
Os caminhos para o futuro se modificam e se modernizam a cada ano, e a medicina deve acompanhar as exigências do mundo voltado para a tecnologia

Sabemos que o uso da tecnologia está cada vez mais presente em todas as áreas, e no mercado da saúde isso não poderia ser diferente, porém, não é só ela a grande tendência de 2019. Os assuntos relacionados à experiência do paciente no tratamento médico serão desafios e tendências para o futuro do setor.

Os caminhos para o futuro se modificam e se modernizam a cada ano, e a
medicina deve acompanhar as exigências do mundo voltado para a tecnologia.

Portanto, é bom ficar antenado em oito tendências tecnológicas para a indústria da saúde, que descrevemos a seguir:

  1. Inteligência Artificial (AI): algoritmos de software capazes de executar tarefas que normalmente requerem inteligência humana.
  2. Realidade aumentada (AR): inclusões virtuais ao mundo físico para alterar a experiência do usuário.
  3. Blockchain: registros eletrônicos distribuídos que podem gravar e confirmar transações com segurança. Gerenciamento de identidade do consumidor, prevenção de fraudes e proteção de dados de saúde pessoal.
  4. Internet das coisas (Internet of Things – IoT): uma rede de objetos conectados que coletam e trocam dados. Controle de estoque, coordenação de atendimentos, monitoramento remoto de pacientes, cadeia de suprimento digital, operações digitalizadas.
  5. Robôs:
    máquinas ou agentes virtuais que automatizam, aumentam ou auxiliam atividades humanas. Cadeia de suprimento digital, monitoramento e atendimento
  6. remoto de pacientes, serviços digitais de saúde comportamental.
  7. Realidade virtual (VR): simulação interativa de uma imagem 3D ou de um ambiente inteiro. Distrair o paciente, alívio do estresse, ferramentas de educação em escolas médicas, treinamento de consumidores e clínicos, planejamento de cenários.
  8. Impressão 3D: técnicas de fabricação de aditivos utilizadas para criar objetos tridimensionais baseados em modelos digitais através de camadas ou “impressão” de materiais em camadas sucessivas. Implantes, próteses e transplantes personalizados, cadeia de suprimentos distribuída, inventário sob demanda.

E ainda nesse universo de tecnologia e inovação não poderíamos deixar de mencionar duas tendências com contribuições relevantes para o cenário de saúde, que são as biotecnologias e as nanotecnologias.

Tendências para o paciente

Além das tecnológicas, destacam-se as tendências relacionadas à experiência do paciente, que irão facilitar a entrada de inovações no mercado:

Acesso “On Demand“: antigamente existiam duas alternativas aos pacientes que necessitavam de atendimento médico: o SUS ou o Plano de Saúde. Agora começaram a surgir o que chamamos de clínicas populares (serviços que trazem ao paciente sem plano de saúde uma alternativa de realizar consultas e pequenos procedimentos a um custo muito mais acessível). Os serviços por demanda que tenham como foco servir os pacientes serão cada vez mais incorporados.

Medicina preventiva: a medicina preventiva ganha espaço no trabalho e nos investimentos das operadoras de saúde e das empresas, o que traz grande benefício às pessoas e às organizações. O que vem mudando no mercado é o pensamento de cuidar das pessoas antes de elas precisarem de cuidados extremos.

Desospitalização: uma tendência mundial com foco na recuperação e na qualidade de vida do paciente, a desospitalização prega a alta hospitalar segura e promove o tratamento contínuo em casa, diminuindo o tempo de internação de forma segura.

Cenário 2020

Vale também ressaltar as tendências para o setor de saúde para 2020 no universo de inovação e tecnologia:

Era da medicina digitalizada: novos modelos de negócios impulsionam.

Pacientes informados e exigentes: parceiros na sua própria saúde.

Medir e monitorar a qualidade de vida, não apenas indicadores clínicos: médicos e pacientes parceiros no processo.

Big Data em saúde: exigindo novas ferramentas e modelos.

Regulamentos: refletem a convergência da tecnologia e da ciência.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

21 de Fevereiro de 2019

Sebrae RS apresenta Mercopar 2019 durante reunião da CIC

SAIBA MAIS

 

21 de Fevereiro de 2019

InovAtiva está com inscrições abertas

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 19/02/2019 11:33

Quatro MPEs de Pelotas e Rio Grande são selecionadas para Prêmio de Inovação

Sebrae RS Podcast 18/02/2019 12:23

Sebrae RS fará oficinas de degustação de vinhos, espumantes e sucos na Festa Nacional da Uva

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: