Loading SEBRAE

Mais buscados: sei mei Credito consultoria BOAS PRATICAS

Loading SEBRAE

Startup

Tecnologia 

Inteligência artificial contra o estoque vazio

atualizado em: 03/06/19
Debora Chagas

Debora Chagas

Coordenadora Estadual da Startups e Economia Digital do SEBRAE RS

COMPARTILHE
A James Tip utilizou inteligência artificial para reduzir em até 10% perdas com ruptura e em até 30% prejuízos com pausas no estoque

Ruptura de estoque é um dos piores pesadelos do de um varejista, seja ele de qual porte for. Saber que seu cliente não encontra na prateleira o que procura na hora que mais precisa deixa qualquer empreendedor do ramo perder o sono. O que talvez muitos não saibam é que a tecnologia, em especial a inteligência artificial, é uma boa aliada para acabar de vez com essa insônia que pode em algum momento afetar um negócio que tem boas perspectivas de prosperar.

A James Tip, startup do Rio Grande do Sul, utilizou inteligência artificial para reduzir em até 10% perdas com ruptura e em até 30% prejuízos com pausas no estoque. Com dados de compra e venda dos últimos 24 meses inseridos no sistema, a ferramenta consegue indicar a demanda pelos produtos.

Deste modo, a IA, que leva o nome da empresa, consegue detectar padrões de consumo e então informar o que tem servido de entrave para que o fluxo do estoque siga normal, sem interrupções e assim evitar a perda de clientes e de receita.

A tecnologia foi criada por Rodrigo Torres e Guilherme Masseroni, sócios na James Tip, ambos especialistas em varejo, supply chain e planejamento de demanda. E com tamanha bagagem, compreenderam que havia espaço no mercado para uma ferramenta que permitisse ao varejista encontrar o tamanho ideal de seu estoque com aumento de faturamento e redução de rupturas.

startup inteligência artificial contra estoque vazio

Inteligência artificial classifica produtos

A tecnologia classifica os produtos em seis grupos diferentes: lucrativos e que atraem clientes; alta procura, mas baixa rentabilidade; rentáveis, porém com pouca demanda; de venda regular; pouca procura e baixa rentabilidade; e, por fim, os que dão prejuízo. E ela é capaz de fazer 2,2 bilhões de cálculos por segundo, o que permite apontar ações preventivas e indicar ao empresário o que ele precisa comprar e em quais quantidades. Assim, o empreendedor pode, por exemplo, buscar melhores negociações com fornecedores e incremento no fluxo de caixa.

Para criar a classificação da James Tip, Rodrigo e Guilherme utilizaram a matriz BCG – metodologia desenvolvida para analisar graficamente o desempenho de produtos de uma marca no mercado – e a curva ABC – ou regra 80/20, que categoriza estoques com objetivo de determinar quais são os produtos mais importantes de uma empresa. A esses dois métodos, agregaram regras de negócio e as particularidades de cada setor em que atuam. Guilherme explica que a eficácia maior da ferramenta de inteligência artificial se revela em supermercados, farmácias, lojas de materiais de construção e ferragens, calçados, livrarias, lojas de conveniência e franquias.

Na ponta do lápis

Quer um exemplo prático? A Ferragens Thony, de Porto Alegre, está no mercado desde os anos 70. Conta atualmente três lojas na capital gaúcha, atua via televendas e e-commerce e soma mais de 10 mil produtos em estoque. Cliente da James Tip, passou a utilizar a ferramenta, e os resultados que se seguiram foram otimistas. No primeiro bimestre de 2018, já com a aplicação da solução, foi possível diminuir em 51% as perdas com rupturas na comparação com o penúltimo bimestre do ano anterior, e em 68% ante o sexto bimestre do mesmo período. Os níveis de estoque caíram 5,1% com o uso da tecnologia.

Uma vez que o cliente entende o processo e consegue aplica-lo à sua rotina, e percebendo qual a classificação correta de cada produto, ele já consegue detectar quais ações colocar em prática. É importante deixar claro que a solução sugere ações, e não dados a serem analisados no futuro, já que o foco da James Tip é na ação e nos resultados.

Quando recebe um cliente, a startup o acompanha em reuniões online e ajuda na definição das estratégias de venda. As reuniões são mais frequentes no início do trabalho; com o tempo, quando o varejista passa a entender a lógica da solução, a ideia é que o empreendedor comece a colocar em prática por si próprio as possibilidades oferecidas pela James Tip acessando a plataforma.

Este é apenas um exemplo de como as startups podem revolucionar todos os ramos do empreendedorismo.

Quer saber mais?

Acesse a área de startups do Sebrae RS

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

19 de Setembro de 2019

Sebrae RS participa da revitalização criativa do 4º Distrito

SAIBA MAIS

 

19 de Setembro de 2019

Seminário Empretec acontece em Santa Cruz do Sul

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 18/09/2019 12:07

Sebrae RS traz de Chicago principais tendências para o setor de alimentação fora do lar

Sebrae RS Podcast 11/09/2019 15:42

Sebrae promove estande coletivo na maior feira de vinhos profissional da América Latina

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: