Loading SEBRAE

Mais buscados: sei MEI crédito CONSULTORIA boas praticas

Loading SEBRAE

Horticultura

Projeção de Mercado

Safra de tomate no RS atinge 115 mil toneladas

09/07/18
Andre Bordignon

Andre Bordignon

Gerência Setorial do Agronegócio

COMPARTILHE
O volume de produção gira em torno de 115 mil toneladas, produzidos em uma área de 1.750 hectares, o que corresponde a uma média de 65 toneladas por hectar

A colheita do tomate se inicia em dezembro e se estende normalmente até final de maio, mas a maior concentração do período de colheita é de dezembro a fevereiro. O tomateiro é uma cultura muito sensível a fatores como temperatura, luminosidade, umidade do solo e do ar e fertilidade. Neste último período, o excesso de chuva e de dias nublados, a partir do final de março, aliados à proximidade do final de safra, acarretou uma redução na qualidade e na oferta do produto e, consequentemente, um aumento nos preços médios praticados.

Gervásio Paulus, engenheiro agrônomo, coordenador estadual de Olericultura da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Sul (Emater/RS-Ascar), destaca que o volume de produção no Estado gira em torno de 115 mil toneladas, produzidos em uma área de 1.750 hectares, o que corresponde a uma média de 65 toneladas por hectare. O número total de produtores é de cerca de 3.200 no Rio Grande do Sul. O principal desafio, do ponto de vista da produção, mais do que incorporar tecnologias de alto custo, é agregar conhecimentos que permitam o manejo e adotar sistemas de cultivo viáveis e sustentáveis ao longo do tempo, segundo o engenheiro.

Safra de tomate no RS atinge 115 mil toneladas

Já existe acúmulo de experiências neste sentido, sobretudo desenvolvidas pela Empresa de Pesquisa Agrocuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri). Assim, a adoção do Sistema Plantio Direto de Hortaliças – SPDH, aliado ao manejo adequado de fertilizantes, é um desafio e, ao mesmo tempo, uma perspectiva promissora em termos tecnológicos.

Quanto ao melhor tipo de tomate e o que tem mais mercado, a análise do especialista é que, dependendo da finalidade ou uso, existem diferentes opções de tipos. O tipo de tomate de mesa que é mais comercializado no mercado é o longa vida, em função do tempo de prateleira maior, como o próprio nome sugere. Mas existem outros tipos, como o tomate italiano rasteiro, o gaúcho e o cereja ou grape, que têm características intrínsecas que os tornam valorizados, embora com menor oferta no mercado.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

19 de Julho de 2018

O que a NRA Show ensinou aos empresários

SAIBA MAIS

 

19 de Julho de 2018

Resultados de 2017 superados no 3º dia da Francal

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 18/07/2018 09:58

Sebrae realiza seminário sobre Junta Digital em Lagoa Vermelha

Sebrae RS Podcast 17/07/2018 18:29

Sebrae em Pelotas promove a Sessão de Crédito para micro e pequenas empresas

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: