Loading SEBRAE

Mais buscados: sei mei credito consultoria boas praticas

Loading SEBRAE

Horticultura

Projeção de Mercado

Safra de tomate no RS atinge 115 mil toneladas

09/07/18
Andre Bordignon

Andre Bordignon

Gerência Setorial do Agronegócio

COMPARTILHE
O volume de produção gira em torno de 115 mil toneladas, produzidos em uma área de 1.750 hectares, o que corresponde a uma média de 65 toneladas por hectar

A colheita do tomate se inicia em dezembro e se estende normalmente até final de maio, mas a maior concentração do período de colheita é de dezembro a fevereiro. O tomateiro é uma cultura muito sensível a fatores como temperatura, luminosidade, umidade do solo e do ar e fertilidade. Neste último período, o excesso de chuva e de dias nublados, a partir do final de março, aliados à proximidade do final de safra, acarretou uma redução na qualidade e na oferta do produto e, consequentemente, um aumento nos preços médios praticados.

Gervásio Paulus, engenheiro agrônomo, coordenador estadual de Olericultura da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Sul (Emater/RS-Ascar), destaca que o volume de produção no Estado gira em torno de 115 mil toneladas, produzidos em uma área de 1.750 hectares, o que corresponde a uma média de 65 toneladas por hectare. O número total de produtores é de cerca de 3.200 no Rio Grande do Sul. O principal desafio, do ponto de vista da produção, mais do que incorporar tecnologias de alto custo, é agregar conhecimentos que permitam o manejo e adotar sistemas de cultivo viáveis e sustentáveis ao longo do tempo, segundo o engenheiro.

Safra de tomate no RS atinge 115 mil toneladas

Já existe acúmulo de experiências neste sentido, sobretudo desenvolvidas pela Empresa de Pesquisa Agrocuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri). Assim, a adoção do Sistema Plantio Direto de Hortaliças – SPDH, aliado ao manejo adequado de fertilizantes, é um desafio e, ao mesmo tempo, uma perspectiva promissora em termos tecnológicos.

Quanto ao melhor tipo de tomate e o que tem mais mercado, a análise do especialista é que, dependendo da finalidade ou uso, existem diferentes opções de tipos. O tipo de tomate de mesa que é mais comercializado no mercado é o longa vida, em função do tempo de prateleira maior, como o próprio nome sugere. Mas existem outros tipos, como o tomate italiano rasteiro, o gaúcho e o cereja ou grape, que têm características intrínsecas que os tornam valorizados, embora com menor oferta no mercado.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

23 de Janeiro de 2019

Projeto de Saúde em Pelotas produz primeiros resultados

SAIBA MAIS

 

22 de Janeiro de 2019

“Conseguimos reduzir 3 mil reais nas despesas mensais”, diz sócia da Jacuhy

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 15/01/2019 18:07

Sebrae-RS cria projeto focado em inovar empresas de varejo

Sebrae RS Podcast 14/01/2019 17:44

Conselho Deliberativo Estadual do SEBRAE-RS tem novo presidente

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: