Loading SEBRAE

Mais buscados: SEI MEi credito consultoria boas praticas

Loading SEBRAE

Moda

Branding

Identidade de marca para estimular consumidor gaúcho a comprar produtos do Estado

21/11/18
Fabiano Bassani Zortéa

Fabiano Bassani Zortéa

Coordenador estadual da Moda do SEBRAE RS.

COMPARTILHE
Para vender mais por aqui, precisaremos entender melhor os comportamentos dos consumidores gaúchos

Em solo gaúcho, ainda persiste a cultura de comprar mais de indústrias de fora, priorizando companhias de São Paulo, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Minas Gerais, que encontram boa reputação no segmento de moda. Relacionamento antigo, desconhecimento de alternativa dentro do Estado e preço estão entre os principais motivos de varejistas que optam por comprar de fora.

Nesse ponto, é importante evidenciar que muitos produtos possuem qualidade equivalente e, por vezes, condições de entrega e valores semelhantes, independente do Estado em que são produzidos. Quando me perguntam qual a alternativa para a indústria de moda gaúcha se tornar mais relevante para os consumidores locais, penso que existe uma alternativa principal.

Reforçando a identidade

A indústria gaúcha precisa intensificar o trabalho de identidade de marca. Refiro-me a investimento de tempo, estratégia e recursos. De priorizar na agenda das empresas. Para que se possa promover uma comunicação que gere afinidade com o consumidor gaúcho. E não se trata de uma apologia para que o varejista e consumidores só comprem do Estado, mas de criar a conexão e perceber as vantagens para todos quando esses negócios ocorrem. Mais comunicação relevante, direta para o consumidor.

Há um movimento de união entre indústria e comércio de moda, que representa uma grande vitória. Isso reflete em iniciativas como a feira RS Moda, que ocorreu nos últimos dois anos em Porto Alegre.

Estamos no início de uma jornada, tanto a indústria como o varejo reconhecem que possuem boas alternativas, mas ainda têm dificuldades de trabalhar em conjunto. E enquanto não conseguirem um ambiente de maior colaboração, as dificuldades de reter a atenção dos consumidores finais permanecerão grandes.

Tudo começa com a aproximação e a confiança entre quem produz e quem vende. Depois, a estratégia precisa ser conjunta, priorizando o que os consumidores desejam durante a jornada de compra. Para vender mais por aqui, precisaremos entender melhor os comportamentos dos consumidores gaúchos. E talvez este seja o principal desafio de ter um negócio de moda atualmente.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

10 de Dezembro de 2018

Aumento de produtividade e melhora da qualidade de vida

SAIBA MAIS

 

07 de Dezembro de 2018

Hospital de Clínicas abre as portas para MPEs e MEIs

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 07/12/2018 18:11

Palestra on-line mostra como atrair o consumidor moderno

Sebrae RS Podcast 07/12/2018 18:12

Palestra foca no mercado fornecedor para complexo hospitalar

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: