Loading SEBRAE

Mais buscados: SEI CREDITO MEI Consultoria boas praticas

Loading SEBRAE

Planejamento

Planejamento

Crescer sem planejamento pode quebrar sua empresa

16/01/17
Augusto Martinenco

Augusto Martinenco

Gerência de Inovação, Mercado e Serviços Financeiros

COMPARTILHE
Antes de colocar em prática as estratégias de ampliação e crescimento, identifique qual será a necessidade de capital de giro da empresa.

Você já conheceu alguma empresa que cresceu de forma acelerada e logo em seguida quebrou? Isso pode ser mais comum do que você imagina. Para crescer de forma sustentável, uma empresa precisa se planejar. Afinal, a necessidade de capital de giro poderá ser maior que a sua geração de caixa.

Vamos a um exemplo prático: imagine que uma loja de roupas vende uma quantidade de produtos por mês. Em determinado momento, o dono da loja decide criar uma estratégia para duplicar o volume de vendas. Parece que está tudo bem, porém, para atingir este objetivo, é provável que a loja precise duplicar suas compras. Para comprar mais, ela precisará renegociar prazos de pagamento ou ter mais dinheiro em caixa, que poderá ser próprio ou de terceiros. É importante prestar bastante atenção: se os recursos forem de terceiros, o custo será maior, o que diminuirá a margem de lucro. Se for próprio, a decisão deve considerar um fator importante: a geração de caixa do negócio permite que a compra seja realizada? Em todos os casos, a necessidade de capital de giro irá aumentar e, ao longo do tempo, poderá inviabilizar o negócio.

Por isso, antes de colocar em prática as estratégias de ampliação e crescimento, identifique qual será a necessidade de capital de giro da empresa. Com esta informação, coloque no plano de investimento um recurso destinado ao giro, para minimizar os riscos de faltar dinheiro nos primeiros meses da nova operação.

Diminuir a distância entre o prazo de recebimento e de pagamento é uma boa dica para que a necessidade de capital de giro também reduza. Projetar o fluxo de caixa mensal por um período de pelo menos seis meses também ajudará a mensurar a sua necessidade de caixa e antecipar as ações que você fará para resolver esta questão.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

25 de Maio de 2018

Pequenos negócios vendem mais de R$ 5 milhões na SICC

SAIBA MAIS

 

25 de Maio de 2018

O Rio Grande do Sul na vitrine da Fenadoce

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 25/05/2018 11:13

Especial SEBRAE-RS: O Guia Definitivo do MEI

Sebrae RS Podcast 24/05/2018 11:38

Fique atento aos erros comuns na hora da declaração anual do MEI

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: