Loading SEBRAE

Mais buscados: sei mei Credito consultoria boas praticas

Loading SEBRAE

Empreendedorismo

Definição

Negócio tradicional ou inovador? Qual o modelo ideal para sua empresa?

atualizado em: 14/05/19
Carolina Niederauer

Carolina Niederauer

Semente Negócios

COMPARTILHE
A escolha entre um modelo ou outro dependerá de quais são suas expectativas com o negócio

Engana-se quem pensa que toda empresa nasce igual. Os caminhos e as formas para quem pensa desenvolver um negócio tradicional são completamente diferentes de um negócio inovador. Conhecer essa diferença é muito importante para qualquer um que esteja pensando em abrir um novo negócio, seja um restaurante ou uma startup. Negócio tradicional ou inovador: qual o melhor formato para sua empresa?

Para ajudar esclarecer o assunto, descubra as principais diferenças entre esses tipos de negócios e saiba qual é o ideal para você. É empreendedor ou pretende abrir uma empresa? Então, esse texto é para você, vamos lá!

A primeira coisa que precisamos saber é: negócio tradicional ou inovador, qual a diferença?

Basicamente, o que diferencia negócios tradicionais de inovadores é o nível de incertezas de cada um deles. Ou seja:

Quanto mais tradicional for o seu negócio, menor o nível de incertezas.

Para ficar mais claro, um negócio tradicional é aquele que trabalha para resolver uma necessidade amplamente conhecida e está inserido em um mercado consolidado, ou seja, previsível. Um mercado cujo histórico e os dados estão disponíveis e podem facilmente serem consultados para que o negócio seja planejado.

Do outro lado, um negócio inovador é aquele cujo nível de incerteza é maior justamente porque o mercado em que ele está inserido muitas vezes nem existe.

Esse tipo de negócio nasce a partir da inexistência de um produto ou serviço que atenda a um problema real. É justamente por isso que o nível de incerteza é maior: o público-alvo ainda não está claro; muitas vezes não há tecnologia para desenvolver o produto; é difícil saber como é possível ganhar dinheiro com esse negócio; etc.

A escolha entre um modelo ou outro dependerá de quais são suas expectativas com o negócio. Se a ideia for correr menos risco, ter maior previsibilidade e controle, então podemos dizer que um negócio tradicional, como, por exemplo, um restaurante, uma loja ou quem sabe uma padaria, seja a melhor escolha.

Agora, se você está pensando em um negócio disruptivo, escalável e que permita o crescimento sem influenciar no seu modelo, talvez um negócio inovador, como, por exemplo, uma startup, seja a melhor opção.

Enquanto um negócio tradicional nasce motivado por uma necessidade, uma startup surge pela oportunidade.

O que é uma startup?

Tenho certeza de que ultimamente você já deve ter ouvido muito essa palavra por aí. O uso do termo startup vem sendo muito disseminado nas últimas décadas, e muitas pessoas que estão iniciando uma empresa se perguntam se o seu negócio é uma startup.

O termo startup surgiu em meados dos anos 1990 nos Estados Unidos. A expressão “start up” remete à ação de colocar algo em movimento. No mundo dos negócios, trata-se de uma organização temporária dando os primeiros passos. No entanto, isso não significa que todo novo empreendimento é uma startup. Muitas pessoas confundem essas ideias!

Segundo alguns dos principais autores:

“Startup é uma organização temporária, criada para buscar um modelo de negócio replicável e escalável.” – Steve Blank

“Startup é uma instituição humana desenhada para entregar um novo produto ou serviço sob condições de extrema incerteza.” – Eric Ries

Desde o seu nascimento, uma startup é projetada para crescer e ser escalável. A escalabilidade é uma premissa fundamental desse tipo de negócio, ou seja, é uma característica que faz com que a empresa consiga atender a uma demanda cada vez maior, com padronização e sem aumentar os custos na mesma medida.

Mas afinal, o que diferencia um negócio tradicional de uma startup?

· Um negócio tradicional tem nível menor de incerteza que uma startup;

· Um negócio tradicional tem risco menor que um startup;

· Uma startup tem nível de inovação maior do que um negócio tradicional;

· Uma startup tem escalabilidade maior que um negócio tradicional.

Agora que você já conhece as principais diferenças entre um negócio tradicional e um negócio inovador, você saberia dizer com propriedade que tipo de negócio é o seu?

Lançar-se como empreendedor e escolher entre um negócio tradicional ou uma startup requer uma boa análise e a identificação das suas expectativas com esse negócio. Muito além da necessidade de ter a própria empresa, é preciso conhecer as potencialidades do mercado e se você está disposto a correr os riscos existentes.

Para te ajudar nessa jornada, conheça as soluções online e/ou presenciais do Sebrae. Acesse www.sebraers.com.br ou ligue 0800-5700800.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

24 de Maio de 2019

Dia da Indústria: a importância do Sebrae RS para as MPEs

SAIBA MAIS

 

24 de Maio de 2019

Mercado de hamburguerias deve crescer cerca de 4% no RS em 2019

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 21/05/2019 10:32

Dia da Indústria: Sebrae foca em gestão e desenvolvimento de mercado para o setor

Sebrae RS Podcast 21/05/2019 10:30

Empresas do RS já podem fazer registro automático no site da JucisRS

Atendimento - Chat

Olá, tudo bem? Preencha os campos para iniciarmos o chat. ;)

Por favor, preencha o formulário abaixo e retornaremos seu contato assim que possível.

Início em: